Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2020
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Boris Johnson quer crowdfunding para Big Ben tocar na noite do Brexit

Para que tal acontecesse seria necessário meio milhão de libras (584 mil euros).

Boris Johnson quer crowdfunding para Big Ben tocar na noite do Brexit

O primeiro-ministro Boris Johnson sugeriu que os cidadãos britânicos angariassem meio milhão de libras (584 mil euros) para que o Big Ben tocasse para marcar a noite do Brexit.

Os pedidos dos apoiantes do Brexit para que o famoso sino tocasse a 31 de janeiro, pelas 23h, para marcar o momento da saída do Reino Unido da União Europeia, foram rejeitados depois de a medida ter sido considerada de custo demasiado elevado para os cofres do Estado.

Mas na sua primeira entrevista do ano à BBC, esta terça-feira, o primeiro-ministro deu conta de que o governo está a pensar em fazer uma campanha de crowdfunding para angariar o dinheiro necessário.

"Estamos a organizar um plano para que as pessoas possam 'bung a bob for a Big Ben bong'", disse, usando uma aliteração para transmitir a ideia de que os cidadãos poderão fazer uma 'vaquinha' para fazer tocar o Big Ben.

"Como toda a gente sabe que o Big Ben está a ser renovado e parecem ter retirado o badalo, precisamos de o restaurar de forma a que toque na noite do Brexit", explicou o governante, acrescentando porém que isso "é caro". Por isso estão a tentar perceber se "as pessoas o podem financiar".

O dinheiro será necessário para instalar um chão temporário na torre para por o mecanismo e pagar pelos atrasos nos trabalhos de restauração.

Lindsay Hoyle, o líder da Câmara dos Comuns urgiu os cidadãos a considerarem se vale a pena gastarem o dinheiro, pois iria custar cerca de 50 mil libras (cerca de 58 mil euros) por badalada e só seria ouvido por quem vivesse perto do local ou a visitar Westminster.

"Aconteça o que acontecer", o governo vai garantir que o acordo de saída é "assinalado devidamente" a 31 de janeiro, vincou Boris Johnson.

O sino de 13.7 toneladas tem estado em silêncio desde 2017, soando apenas em eventos importantes como as celebrações de Ano Novo. As obras de restauração não deverão estar completas até 2021.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório