Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2019
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Conseguiu enganar companhia aérea mas publicou no Facebook. Correu mal

Passageiro russo foi castigado pela companhia aérea, que descobriu ter sido enganada através das redes sociais.

Conseguiu enganar companhia aérea mas publicou no Facebook. Correu mal

Um homem russo perdeu todas as suas regalias de viajante frequente na companhia aérea Aeroflot, tudo porque decidiu ir gabar-se para as redes sociais sobre a forma como conseguiu enganar a empresa para poder levar o gato consigo na cabine.

A história é caricata. Mikhail Galin tem um gato chamado Viktor que tem excesso de peso (10 quilos) e, portanto, não pode viajar na cabine - onde podem viajar animais até 8 quilos de peso -, apenas no porão.

O russo tentou explicar à companhia aérea que o seu gato não sobreviveria no porão, mas não conseguiu autorização, ainda assim, com a Aeroflot a justificar com razões de segurança. Indignado, decidiu tentar enganar a companhia.

Recorreu ao Facebook e explicou a situação, pedindo ajuda a alguém que tivesse um gato parecido com o seu, mas com menos três quilos. Assim aconteceu. Phoebe, uma gata muito parecida com Viktor, foi o animal que foi apresentado por Mikhail no aeroporto, para receber autorização de embarque. Antes de entrar no avião, porém, Phoebe foi trocada por Viktor. E funcionou.

"A operação para substituir o gordo Viktor pela pequena Phoebe foi um sucesso - a balança mostrou um valor normal e a assistente deu autorização de embarque, desejando um feliz voo", escreveu o homem, no seu perfil de Facebook.

A publicação, porém, chegou à atenção da Aeroflot e, depois de uma investigação, a companhia área russa decidiu excluir o passageiro do seu programa de regalias para viajantes frequentes e cancelar o seu histórico de milhas aéreas, acusando-o de "várias violações deliberadas das regras".

"Esta informação foi confirmada por imagens de videovigilância - durante os procedimentos de inspeção antes do voo, o passageiro pegou num gato grande que se assemelha ao gato das fotografias publicadas", afirmou a companhia através de comunicado, citado pela CNN.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório