Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Inundações em Veneza já provocaram pelo menos dois mortos

As águas na cidade italiana subiram até aos 1,87 metros.

Inundações em Veneza já provocaram pelo menos dois mortos

A cidade italiana de Veneza foi atingida pelas maiores inundações em 50 anos e o autarca está prestes a declarar estado de emergência. A subida das águas na cidade atingiu o segundo nível mais alto, chegando aos 1,87 metros na noite desta terça-feira devido às chuvas fortes - pouco abaixo dos 1,94 metros registados em 1966.

Pelo menos dois homens foram encontrados mortos durante a catástrofe. Um idoso de Pellestrina, uma das ilhas na Lagoa de Veneza, foi encontrado morto depois de ter sido atingido por um raio ao usar uma bomba de água elétrica, segundo contam os bombeiros citados pelo Guardian. Outro foi encontrado morto em casa.

Mais de 85% de Veneza ficou inundada, referem as autoridades, incluindo a histórica basílica de São Marcos. Apesar de o nível da água ter descido relativamente na manhã desta quarta-feira, uma nova torrente de água, juntamente com ventos fortes, está prevista para mais tarde.

A associação de hotéis de Veneza diz que os danos são enormes, com vários locais a perderem a eletricidade e com falta de bombas para retirar a água. Os turistas em quartos no rés-do-chão tiveram de ser movidos para quartos em pisos mais altos. 

A Guarda Costeira deixou vários botes espalhados para servirem de ambulâncias e os taxistas tentavam deixar as pessoas nos hotéis ao longo do Grand Canal, mas descobriram que a maior parte dos cais tinham ficado destruídos, sendo obrigados a ajudar os passageiros a trepar por janelas para entrarem nos locais.

Veja aqui imagens das inundações.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório