Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

Washington e Riade pedem apoio para enfrentar "contínua ameaça" de Teerão

O chefe da diplomacia norte-americana e o príncipe herdeiro saudita consideraram necessário, após a reunião desta quarta-feira, em Jeddah, a união da comunidade internacional para enfrentar a "contínua ameaça do regime iraniano".

Washington e Riade pedem apoio para enfrentar "contínua ameaça" de Teerão
Notícias ao Minuto

06:54 - 19/09/19 por Lusa

Mundo Teerão

Mike Pompeo chegou na quarta-feira à Arábia Saudita para coordenar a resposta dos Estados Unidos aos ataques de sábado contra instalações petrolíferas sauditas, em que Washington responsabiliza Teerão, que, entretanto, negou qualquer envolvimento.

De acordo com um comunicado de Washington, Mike Pompeo e Mohammed bin Salman "concordaram que este foi um ataque inaceitável e sem precedentes que não só ameaçou a segurança nacional da Arábia Saudita, mas também o abastecimento energético mundial em geral".

Os dois líderes consideraram urgente a "união da comunidade internacional para enfrentar a contínua ameaça do regime iraniano", considerando que Teerão "deve ser responsabilizado pelo seu comportamento agressivo, imprudente e ameaçador".

Numa mensagem publicada na rede social Twitter, depois da reunião com Mohammed bin Salman, o chefe da diplomacia norte-americana sublinhou que os Estados Unidos apoiam o direito de Riade de se defender.

"Os Estados Unidos apoiam a Arábia Saudita e o seu direito de se defender. O comportamento ameaçador do regime iraniano não será tolerado", escreveu Mike Pompeo.

No sábado, o ataque com aviões não tripulados ('drones') às principais instalações petrolíferas da Arábia Saudita, provocou a destruição de 5,7 milhões de barris de petróleo (mais de 05% da produção diária mundial).

Os ataques foram reivindicados pelos rebeldes Huthís, apoiados pelo Irão, que têm atacado com frequência o território saudita como resposta à intervenção no Iémen levada a cabo por uma coligação militar liderada por Riade.

No entanto, Riade e Washington têm denunciado o envolvimento do Irão nestes ataques e o Presidente norte-americano, Donald Trump, já anunciou um reforço das sanções económicas contra Teerão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório