Meteorologia

  • 23 AGOSTO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Tribunal suspende pena a jovem condenado por salvar mulher de agressão

Caso gerou onda de indignação em Espanha. Jovem tinha sido condenado a dois anos de prisão efetiva após intervir num agressão violenta.

Tribunal suspende pena a jovem condenado por salvar mulher de agressão

Não terá que passar um único dia na prisão o jovem que foi condenado por ter causado a morte a um homem que agredia uma mulher com violência, em Marbella. O caso, que causou uma onda de indignação em Espanha, foi novamente apreciado e a condenação foi suspensa, diz o El Mundo.

O caso em apreço remonta a fevereiro de 2015, quando Borja, o acusado, que na altura tinha apenas 22 anos, viu uma mulher a ser agredida por um casal de assaltantes, Pedro Toro Timeo e Isabel Cano. A vítima estava a ser espancada com violência, sendo alvo inclusive de pontapés na cabeça.

O jovem agiu de imediato em defesa da mulher, confrontando os agressores. Pedro Toro Timeo, de 41 anos, envolveu-se numa luta com o jovem e acabou por cair ao chão com força, tendo passado dois dias em coma antes de morrer no hospital.

A sentença que lhe foi atribuída causou muita comoção: uma pena de prisão efetiva de dois anos e ao pagamento de 178 mil euros às filhas do assaltante. O tribunal de Málaga decidiu agora pela suspensão da pena, mas com condições: não pode reincidir, tem comunicar ao tribunal qualquer mudança de residência e tem que pagar a indemnização, algo que o jovem já se tinha predisposto a fazer.

Sublinhe-se que o partido Vox levou a cabo uma angariação de fundos para pagar a indemnização ao jovem, tendo conseguido já angariar 110 mil euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório