Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2019
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 22º

Edição

Britânica diagnosticada com tumor raro que imitava sintomas de gravidez

Tammie Mylan pensava que estava grávida, após teste positivo, mas era um tipo raro de cancro.

Uma britânica de 29 anos de idade que pensou estar grávida, depois de um teste positivo, descobriu que afinal tinha um tipo raro de cancro que imitava alguns sinais de uma gravidez.

De acordo com o Mirror, Tammie Mylan e o marido, Richard, achavam que iam ser pais até a mulher ser submetida a uma ecografia às 12 semanas de gravidez, que revelou um corioepitelioma, um tumor maligno, e raro, que se forma a partir de uma degenerescência da placenta.

A mesma publicação indica que o corpo reage ao tumor com a produção de hormonas da gravidez, levando o casal a acreditar que estava em estado de graça.

“Eu sentia-me bem mas afinal não estava bem e eles disseram-me que alguma coisa não estava bem”, indicou Tammie, que acabou por ser hospitalizada no Hospital Universitário de Gales.

A britânica, que estava no último ano do curso de enfermagem quando foi diagnosticada, foi operada mas não foi possível remover todo o tumor, tendo que ser submetida a sessões de quimioterapia durante oito meses.

Tammie está agora recuperada e livre de cancro, conforme anunciou o marido nas redes sociais, mas terá que fazer análises frequentes para garantir que o cancro não regressa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório