Meteorologia

  • 20 MAIO 2019
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

"Break, Break". O pedido de socorro de piloto em voo que caiu na Etiópia

Três minutos após levantar voo, torre de controlo recebeu pedido de socorro de avião que acabou por se despenhar.

"Break, Break". O pedido de socorro de piloto em voo que caiu na Etiópia
Notícias ao Minuto

11:52 - 15/03/19 por Pedro Filipe Pina 

Mundo Ethiopian Airlines

O New York Times revelou as palavras de socorro do comandante do Boeing 737 Max da Ethiopian Airlines que se despenhou no passado domingo na Etiópia.

O voo em causa, que partira de Adis Abeba, capital etíope, com destino a Nairóbi, no Quénia, transportava 149 passageiros e oito membros da tripulação. Ao todo, 157 pessoas, de 35 nacionalidades diferentes, perderam a vida.

"Break Break, request back to home", foram as palavras ouvidas pela torre de controlo. Apenas três minutos após ter descolado, o comandante dava conta de problemas no aparelho e pedia margem para poder regressar ao aeroporto de onde acabara de partir.

Menos de seis minutos após ter descolado, o aparelho perdeu contacto com a torre de controlo.

O jornal nova-iorquino dá conta do momento vivido pelos controladores aéreos, que notaram um tom de pânico na voz do comandante, ao mesmo tempo que no ecrã percebiam que o voo estava a oscilar nos céus, perdendo e recuperando altitude à escala de centenas de pés, um sinal claro de que algo fora do comum estava a acontecer.

No espaço de meses, foi a segunda vez que o recente modelo da Boeing - o Boeing 737 Max 8 - protagonizou um acidente desta escala. 

Estes aparelhos da Boeing foram impedidos de voar na Europa ainda antes de ter sido dada ordem para que permanecessem todos em terra, a nível global, enquanto a Boeing procura resolver a questão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório