Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Turista pode enfrentar prisão por usar drone perto do parlamento birmanês

A pena pode ir até três anos de prisão.

Turista pode enfrentar prisão por usar drone perto do parlamento birmanês

Um turista francês foi detido a semana passada por ter alegadamente feito voar um drone perto do parlamento da Birmânia, em Naypyidaw‎, e pode agora enfrentar uma pena de prisão até três anos devido às leis restritas do país relativamente aos veículos aéreos não tripulados.

Michael Desclaux, de 27 anos, pode ser acusado de levar ilegalmente um drone para o país e fazê-lo voar numa área restrita, referiu um porta-voz da polícia birmanêsa, Min Tin, ao New York Times.

As leis restritas do país têm sido alvo de várias críticas por parte dos visitantes pois um turista que queira filmar ou fotografar a paisagem de cima, podem facilmente dar por si a violar a lei.

Os críticos referem ainda que as regras deveriam ser melhor explicadas aos visitantes. Até porque perto do local onde Michael levantou o drone havia uma placa no portão do parlamento a dar conta da proibição, mas estava escrita em birmanês, tendo apenas a palavra drone em inglês.

Os drones estão banidos de várias zonas da capital e também não podem voar perto de aeroportos, por cima de grupos de pessoas ou acima de propriedade privada sem permissão.

Segundo as restrições de voo, Michael incorre em três meses de prisão, mas se se juntar a importação ilegal poderá chegar aos três anos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório