Meteorologia

  • 26 MARçO 2019
Tempo
23º
MIN 23º MÁX 24º

Edição

Com contas bloqueadas, Total retira funcionários da Venezuela

Petrolífera defende que a segurança dos funcionários é prioritária.

Com contas bloqueadas, Total retira funcionários da Venezuela
Notícias ao Minuto

19:59 - 07/02/19 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Petrolífera

A petrolífera Total, uma das maiores no setor e com sede em Paris, França, anunciou a retirada dos últimos funcionários da empresa na Venezuela.

A petrolífera encontrava-se já com as contas bloqueadas naquele país na  sequência de sanções norte-americanas, adianta a Reuters.

Patrick Pouyanne, CEO da empresa, adiantou aos investidores a opção. "A prioridade tem sido a segurança de todo o nosso pessoal, que foram todos retirados desde a última segunda-feira".

A empresa ainda terá tido cerca de 50 funcionários no país mas já estava reduzida nos últimos meses a apenas pessoal administrativo, que entretanto já foi todo retirado. 

Recorde-se que a Venezuela continua a viver dias de incerteza. À crise económica juntou-se uma nova etapa na crise política. Nicolás Maduro mantém-se irredutível ao não demitir-se, ao mesmo tempo que o autoproclamado presidente interino, Juan Guaidó, tem conseguido granjear o apoio internacional de cada vez mais países.

Portugal fez parte do grupo de países da União Europeia que apontou um ultimato a Maduro, apelando à sua demissão para forçar novas eleições. Perante a recusa, Portugal juntou-se aos países que agora reconhecem Guaidó como líder legítimo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório