Meteorologia

  • 25 JANEIRO 2020
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 14º

Edição

Palácio da presidência do Brasil troca cadeiras vermelhas por azuis

Segundo a presidência brasileira, mudança não tem pendor ideológico.

Palácio da presidência do Brasil troca cadeiras vermelhas por azuis

Jair Bolsonaro fez questão, no seu discurso de tomada de posse, de dizer que não aceitaria o vermelho na bandeira amarela e azul do Brasil.

A afirmação não era simples questão cromática, era uma mensagem para o Partido dos Trabalhadores e seus apoiantes. Recorde-se que o PT, que governou o Brasil em 13 dos últimos 16 anos, conta com vermelho na cor do símbolo.

Nesta primeira semana na presidência, já foi notícia o facto de o novo governo do Brasil se estar a preparar para afastar funcionários com contratos a prazo e que tenham ideais socialistas e comunistas.

Entretanto, o site G1 dá hoje conta que no Palácio da Alvorada, em Brasil, a residência oficial do presidente do Brasil, as cadeiras vermelhas foram trocadas por cadeiras azuis.

Segundo o mesmo portal, um camião foi filmado durante o descarregamento de cadeiras azuis. Pouco depois, cadeiras vermelhas retiradas do palácio foram colocadas no mesmo camião.

Questionada sobre o tema, a presidência brasileira admitiu a troca de mobiliário mas justificou a decisão afirmando que as cadeiras azuis são do acervo original do palácio e que as vermelhas são reservas, daí terem sido retiradas e colocadas em armazém.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório