Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2018
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 22º

Edição

Empresa de segurança condenada a pagar mil milhões a vítima de violação

Estado norte-americano da Georgia assiste a veredicto histórico a favor de uma vítima de violação.

Empresa de segurança condenada a pagar mil milhões a vítima de violação
Notícias ao Minuto

22:20 - 24/05/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Decisão histórica

Um tribunal norte-americano emitiu um veredicto histórico a favor de uma vítima de violação: mil milhões de dólares. Depois de vários anos à espera de resolução, o caso da violação de uma menor de 14 anos chegou ao fim com uma decisão sem precedentes, conforme escreve o Washington Post.

Hope Cheston tinha apenas 14 anos de idade quando, em outubro de 2012, num complexo de apartamentos perto de Atlanta, no estado da Georgia, foi abordada por um homem, enquanto estava com o seu namorado.

O homem, Brandon Lamar Zachary, na altura com 22 anos de idade, apontou uma pistola aos dois e, sob ameaça, violou a menor sobre uma mesa de piquenique. O agressor trabalhava naquele complexo residencial como segurança.

Zachary foi condenado a 20 anos de prisão. A investigação ao caso concluiu, paralelamente, que a empresa de segurança deveria ser responsabilizada pelo crime, uma vez que o agressor não tinha licença de porte de arma. A compensação decidida pelos jurados do caso foi de mil milhões de dólares.

Hope compareceu numa conferência de imprensa junto da mãe e do advogado, Chris Stewart. O causídico, admitindo que provavelmente a vítima não vai receber aquele montante, porque a empresa não tem esse dinheiro, afirmou ainda assim que se trata de uma decisão “histórica” para a justiça.

“Doze pessoas - brancas, pretas, hispânicas, homens, mulheres - disseram que uma mulher que foi abusada sexualmente vale mil milhões de dólares. E eu acho que isso é grande feito”, sublinhou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório