Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

"Quando lhe apareceu o período aos 13 anos deixou de poder estudar"

Atualmente num campo de refugiados no Bangladesh, Catarina Furtado aproveitou para chamar a atenção para um assunto sensível.

"Quando lhe apareceu o período aos 13 anos deixou de poder estudar"

Diretamente a partir de um campo de refugiados no Bangladesh, Catarina Furtado tem aproveitado as redes sociais para partilhar com os seus seguidores a dura realidade com que as pessoas que lá vivem têm de se deparar. 

Uma das mais recentes publicações da apresentadora da RTP1 refere-se à desigualdade de géneros proporcionada pela falta de condições de higiene íntima feminina. 

"O que tenho na mão? Um penso higiénico. De pano. Reutilizável. Faz parte do kit de DIGNIDADE que o UNFPA (o organismo da ONU do qual sou Embaixadora de Boa Vontade) distribui pelas mulheres em situações de emergência como é o caso dos campos de refugiados!", começa por explicar no Instagram. 

"É absolutamente REVOLTANTE saber que a menstruação afasta milhares de meninas da escola! Aqui, no campo de Kutupalong estava a entrevistar uma rapariga de 18 anos que me disse que desde que lhe apareceu o período, aos 13 anos, deixou de poder estudar (e queria tanto!). Ficam fechadas em casa todos os meses durante aqueles dias", relata.

"Quando se fala em investimento na saúde sexual e reprodutiva, na saúde materna, fala-se de tudo o que envolve o corpo da mulher e os seus direitos", completa. 

Ver esta publicação no Instagram

O que tenho na mão? Um penso higiénico. De pano. Reutilizável. Faz parte do kit de DIGNIDADE que o @unfpa ( o organismo da ONU do qual sou Embaixadora de Boa Vontade ) distribui pelas mulheres em situações de emergência como é o caso dos campos de refugiados! Dentro do útil balde, existem outros utensílios para a higiene pessoal, como por exemplo um sabonete. É absolutamente REVOLTANTE saber que a menstruação afasta milhares de meninas da escola! Aqui, no campo de Kutupalong estava a entrevistar uma rapariga de 18 anos que me disse que desde que lhe apareceu o período, aos 13 anos, deixou de poder estudar ( e queria tanto!!). Ficam fechadas em casa todos os meses durante aqueles dias. Como eu gostaria que todas as meninas adolescentes e mulheres pudessem ter acesso a pensos higiénicos! Seria pedir muito? Quem se lembra deste “ pormenor” que contribui mais uma vez para o grande fosso da desigualdade de género, esquecendo as necessidades das mulheres, deixando-as para trás. Esquecidas. Quando se fala em investimento na saúde sexual e reprodutiva, na saúde materna, fala-se de tudo o que envolve o corpo da mulher e os seus direitos. Obrigada ao @unfpa_bangladesh sobretudo porque sei que é difícil convencer os financiadores a investir nestas áreas:( porque aparentemente são “menos sedutoras”. Quem me estiver a ler e for mulher, imagina o que é estar nesta situação? E quem for homem e me estiver a ler, imagina as mulheres da sua vida a estarem nesta situação? Nós somos os outr@s! Não há direito!!! @unfpa @principesdonada @rtppt #principesdonada #refugee #minhamissaodevida #embaixadoradeboavontadedounfpa Ricardo Freitas

Uma publicação partilhada por Catarina Furtado (@catarinafurtadooficial) a 5 de Ago, 2019 às 5:14 PDT

Recorde-se que Catarina está a gravar o programa 'Príncipes do Nada'. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório