Meteorologia

  • 17 JUNHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Emocionada, Ágata recorda os pais e fala do casamento

A artista esteve à conversa com Fátima Lopes, uma entrevista que foi transmitida este sábado.

Emocionada, Ágata recorda os pais e fala do casamento

Foi transmitido mais um ‘Conta-me Como És’, programa conduzido por Fátima Lopes, que desta vez entrevistou Ágata. Uma conversa emotiva que contou com muitas lágrimas.

Inicialmente, a apresentadora começou por recordar o momento em que a artista tentou afastar-se do mundo da música. Sobre essa decisão, a cantora explicou que houve várias razões para tal, uma delas o facto do marido, Francisco Carvalho, achar que devia retirar-se dos palcos por já ter trabalhado demais e que estava na altura de se dedicar mais à família. Mas este não foi o único motivo, pois também sentia que a música estava muito “banalizada”. Sentia-se desmotivada e precisava de pensar no futuro. 

No entanto, não se retirou por muito tempo e, diz, este ano “qualquer coisa mexeu consigo” e fez “renascer a Ágata que vive diariamente dentro de si, que é um furacão”.

Mas não deixa de recordar: “Quando a minha mãe morreu eu disse-lhe: quando tu morreres não vou cantar mais. E ela disse: não faças isso, filha".

Ágata achava que não ia cantar mais depois da morte da mãe, que partiu há cerca de oito anos, porque, confessa, “no fundo foi ela que lhe deu esta vida”. “Acho que sou o sonho que ela quis para ela, mas que não conseguiu porque foi mãe aos 16 anos”, acrescentou, referindo que o tema ‘Mãe Solteira’ foi feito a pensar na progenitora. 

Desde pequena que a artista tem uma ligação especial com o mundo da música. Quando era criança já cantava para os irmãos e vizinhos. Esta paixão veio do lado da mãe, uma vez que esta gostava de ter construído carreira na indústria mas não o fez por ter sido mãe muito cedo. “Naquela altura, estar ligada ao teatro ou à música... Haviam rótulos muito pesados. E o meu pai era muito ciumento. Ela era uma mulher lindíssima, tinha alma de artista”, explicou.

Mas não era só a mãe que se sentia orgulhosa. Os olhos do pai também ‘brilhavam’. “Era muito vaidoso e achava que eu era muito parecida com ele. E sou! O olhar é do meu pai”, partilhou.

Os pais assistiram a alguns concertos seus e, lembra, “fizeram alguns sacrifícios na vida” para que conseguisse seguir a carreira na música.

Visivelmente emocionada, Ágata reconhece que tem “muitas saudades dos pais”, lembrando algumas ocasiões que viveu com eles e que nunca vai esquecer. “O Natal em família, a alma do meu pai que era o espírito da nossa casa. De quando ele chegava a casa com uma caixinha com bolos para todos. Quando eu o via a contar as moedinhas em cima da mesa, que eram as gorjetas que os clientes lhe davam e eu pensava: um dia hei-de dar-te muito mais que isso. E dei! Nunca deixei faltar nada ao meu pai e à minha mãe”, assegurou.

Para si, eles eram “um casal muito humilde, muito honesto que nunca lhes deu nada a não ser amor, que já foi tudo”.

Casamento com Francisco Carvalho

Outro dos assuntos abordados durante a entrevista foram as notícias que têm surgido sobre o casamento com Francisco Carvalho. Surgiram rumores na imprensa que alegavam que o casal estava separado. Especulações que a artista já tinha negado no mês passado em conversa com Manuel Luís Goucha. “Há um acordo entre mim e o Francisco e nós lá vamos andando e rindo. Umas vezes, quando me apetece, estou em Chaves e outras vezes, quando me apetece, estou em Lisboa”, disse na altura.

Agora, Ágata acrescentou: “Ele é uma pessoa muito fria, que está sempre focada no trabalho e a família está sempre em segundo plano. É um bom pai, um excelente pai. Uma pessoa que me ama à maneira dele. É uma pessoa que põe tudo em primeiro lugar e se sobrar alguma coisa, é para mim. Acho que venho depois dos filhos, da família e tudo mais. É uma pessoa que está sempre disposta a ajudar-me, é realmente um amor de pessoa, mas é muito frio, muito radical, não demonstram os sentimentos. O oposto de mim. Costumo dizer que estes pontos se atraem e quando nos juntamos fazemos faísca. Só que depois cai aquela nuvem em cima de mim porque não é isso que eu queria na minha vida”.

A cantora confessou que “às vezes" se sente "perdida”. “Sinto amor, mas já não sei se é isso. Já não sei se quero estar sozinha, se estar em Chaves é o mais confortável para mim. Acho que o Francisco neste momento pôs o futebol à frente da minha pessoa e quem o ouviu falar vê que ele é uma pessoa muito dura e fria. Ele é assim com toda a gente, mas depois também tem o outro lado, a compaixão… É uma pessoa com um coração do tamanho do mundo. Se lhe telefono com algum problema ele tenta logo ajudar e nunca descarta uma hipótese de estar sempre presente quando realmente eu preciso. Mas nas horas em que realmente gostaria que ele estivesse ao meu lado, estou sozinha”, rematou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório