Meteorologia

  • 22 ABRIL 2018
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 20º

Edição

Fornecedores de refeições escolares têm que ser comunicados ao Fisco

A Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGESTE) e o Instituto de Gestão Financeira e Educação (IGEFE) têm de comunicar ao fisco, até final de setembro de cada ano, a identificação fiscal dos prestadores de serviços de fornecimento de refeições escolares.

Fornecedores de refeições escolares têm que ser comunicados ao Fisco
Notícias ao Minuto

14:52 - 11/12/17 por Lusa

Economia DGESTE

Este ano, esta informação poderá ser enviada à Autoridade Tributária até dia 15 deste mês.

A inclusão das despesas com refeições escolares foi aprovada no Orçamento do Estado para 2017, mas no ano passado já foi possível incluir manualmente as faturas na declaração de IRS.

A portaria hoje publicada define os procedimentos de comunicação ao fisco da identificação fiscal dos prestadores de serviços de fornecimento de refeições escolares, para efeitos da dedução à coleta do IRS das despesas referentes à alimentação em refeitório escolar, de alunos inscritos em qualquer grau de ensino.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.