Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 5º MÁX 6º

Edição

IGCP realizou operação de troca de mil milhões de euros de dívida

O Tesouro português comprou aos investidores dívida antiga, com duas emissões de data de reembolso para 2019 e 2020. Ao mesmo tempo também vendeu no mercado dívida nova, com maturidade em 2022 e 2027.

IGCP realizou operação de troca de mil milhões de euros de dívida
Notícias ao Minuto

11:35 - 06/12/17 por Fábio Nunes

Economia Mercado

O IGCP decidiu aproveitar as taxas de juro em níveis historicamente baixos para realizar uma operação de troca de dívida esta quarta-feira. O Tesouro português foi ao mercado comprar dívida antiga e aproveitou também para vender dívida nova, tendo no total trocado um montante de 1.039 milhões de euros de dívida.

Esta operação, que tinha sido anunciada esta terça-feira pelo IGCP, resultou na compra de 716 milhões de euros em obrigações com maturidade em 2019. Numa segunda emissão de dívida, a entidade liderada por Cristina Casalinho comprou 323 milhões de euros com maturidade em 2020.

Mas o IGCP não foi só ao mercado para comprar dívida e também vendeu. Ofereceu 715 milhões de euros em Obrigações do Tesouro a cinco anos. Emitiu ainda uma OT a 10 anos por um montante de 324 milhões.

Segundo Filipe Silva, diretor da Gestão de Ativos do Banco Carregosa, esta operação teve como objetivo “alongar o prazo de reembolso: o esforço de amortização que estava previsto para 2019 e 2020 é adiado para 2022 e 2027. Claro que a operação só faz sentido porque o juro que se ficará a pagar pela dívida nova é inferior ao juro médio da dívida portuguesa”.

“No fundo, o que interessa aqui é que o Estado consegue estender o prazo da dívida, num momento em que as taxas de juro estão historicamente baixas”, acrescenta.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório