Meteorologia

  • 18 JULHO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

Estado devolve em agosto cortes nas pensões de viúvos

Aos reformados viúvos serão devolvidos os valores dos cortes nas pensões no próximo mês, depois do chumbo do Tribunal Constitucional à medida criada no Orçamento do Estado para 2014. O Estado vê-se assim obrigado a devolver 42,8 milhões de euros até agosto. Contudo, a devolução não será total, pois haverá uma retificação da Contribuição Extraordinária de Solidariedade (CES) e da sobretaxa do IRS. avança o Jornal de Notícias.

Estado devolve em agosto cortes nas pensões de viúvos

Os 25 mil reformados viúvos que viram a sua pensão de sobrevivência a ser cortada vão receber em agosto o valor que lhes foi retirado entre janeiro e junho, indica o Jornal de Notícias. A devolução aos reformados viúvos pelo Estado surge na sequência do acórdão do Tribunal Constitucional que chumbou esta medida prevista no Orçamento do Estado para este ano.

Os viúvos que recebiam mais de dois mil euros mensais de pensões, deveriam representar uma redução da despesa de cerca de 100 milhões de euros em 2014. Mas de acordo com os números divulgados pelo Governo, seriam cerca de 3% dos beneficiários afetados, ou seja, 25 mil pessoas, 11 mil das quais pertencentes à Segurança Social.

O cortes das pensões de sobrevivência por via da aplicação de uma condição criado com o Orçamento de Estado para 2014, esteve em vigor até junho, mas o Tribunal Constitucional resolveu interrompê-la.

Os juízes do Palácio de Ratton reveleram que a medida trata de forma desigual os rendimentos de pensões e penaliza de forma diferente as pessoas com o mesmo rendimento apenas pelo facto de a parcela da pensão de viuvez ser mais elevada. E por isso, determinaram a eliminação da norma, obrigando o Estado a devolver os valores cortados. Em termos brutos, vão devolver 42.8 milhões de euros.

Contudo, o valor que irá chegar aos reformados será mais baixo porque a retificação será acompanhada de uma retificação da Contribuição Extraordinária de Solidariedade (CES) e da sobretaxa do IRS.

E alguns pensionistas arriscam a subir na tabela de retenção na fonte do IRS e passar a pagar mais de impostos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório