Meteorologia

  • 13 ABRIL 2024
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 29º

Qatar junta-se a Eni e Total para explorar hidrocarbonetos no Líbano

O Qatar assinou hoje um acordo para se tornar parceiro da francesa TotalEnergies e da italiana Eni no consórcio de exploração de petróleo e gás natural num bloco marítimo a sul do Líbano, na fronteira com Israel.

Qatar junta-se a Eni e Total para explorar hidrocarbonetos no Líbano
Notícias ao Minuto

13:02 - 29/01/23 por Lusa

Economia Líbano

O acordo foi assinado, em Beirute, pelo ministro da Energia do Líbano, Walid Fayad, o seu homólogo do Qatar e diretor executivo da Qatar Energy, Saad al-Kaabi, da TotalEnergies, Patrick Pouyanné, e da Eni, Claudio Descalzi.

"A entrada do Qatar no consórcio tem um significado especialmente político" para o Líbano, numa altura colapso económico, defendeu o especialista em energia Naji Abi Aad, em declarações à AFP, considerando que o envolvimento do rico emirado do gás "traz uma garantia política", principalmente por causa dos laços do Qatar com países ocidentais e até com Israel.

Depois de a russa Novatek se retirar do consórcio, em 2022, o Qatar passou a deter 30% das ações, contra 35% da Total e 35% da Eni, explicou o primeiro-ministro libanês, Najib Mikati.

Líbano e Israel, ainda em estado de guerra, assinaram em outubro de 2022 um acordo para delimitar a fronteira marítima, após mediação americana, que permitiu que o Líbano começar a explorar o potencial campo de Cana, parte do qual localizado em águas israelitas, em troca do pagamento de uma compensação.

Leia Também: EUA. Câmara dos Representantes condiciona venda de petróleo das reservas

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório