Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 7º MÁX 14º

Moçambique defende restruturação da transportadora LAM e telefónica Tmcel

O ministro da Economia e Finanças de Moçambique, Max Tonela, admitiu hoje que a transportadora estatal Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) e a telefónica Tmcel precisam de restruturação para entrarem na via da sustentabilidade.

Moçambique defende restruturação da transportadora LAM e telefónica Tmcel
Notícias ao Minuto

22:24 - 19/08/22 por Lusa

Economia Moçambique

Max Tonela traçou o panorama das duas companhias estratégicas, durante uma reunião com a diretora do Banco Mundial para Moçambique, Idah Z. Pswarayi-Riddihough, disse à agência Lusa fonte do executivo.

"Temos estado a discutir o caso da restruturação da LAM e da Tmecel", enfatizou Max Tonela.

Tonela não deu pormenores sobre o tipo de intervenção que o Governo pondera empreender na LAM e na Tmecel, avançou a mesma fonte.

As mudanças nas duas empresas, prosseguiu, são parte de uma restruturação de toda a carteira de participações que o Estado moçambicano detém em várias empresas visando o saneamento financeiro das que enfrentam dificuldades.

A transportadora estatal moçambicana tem enfrentado nos últimos anos problemas operacionais relacionados com uma frota reduzida e falta de investimentos, enquanto a Tmcel se debate com problemas de tesouraria provocados pela perda de peso no mercado da telefonia móvel, ao ponto de não estar a pagar salários aos trabalhadores há mais de dois meses.

A situação insustentável no setor de telefonia controlado pelo Estado levou à fusão da antiga Mcel, que operava no serviço móvel, com a TDM, que atuava no fixo, resultando numa nova companhia, a Tmcel.

Leia Também: China apoia crianças afetadas por ciclone em Moçambique

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório