Meteorologia

  • 02 JULHO 2022
Tempo
30º
MIN 15º MÁX 32º

Do orçamento ao fundo de emergência: 4 dicas para "finanças arrumadas"

O Doutor Finanças, que é uma empresa especializada em finanças pessoais, partilha oito dicas com o objetivo de ter as "finanças arrumadas em 2022". Conheça-as aqui.

Do orçamento ao fundo de emergência: 4 dicas para "finanças arrumadas"
Notícias ao Minuto

09:06 - 12/01/22 por Notícias ao Minuto

Economia finanças pessoais

No início do ano, muitos aproveitam para planear e organizar as finanças pessoais para os próximos 12 meses, mas este é um trabalho que requer "planeamento e orçamentação" - e há algumas dicas que podem ajudar neste processo. 

“O início do novo ano é sempre um momento propício para planificar os 12 meses que se avizinham, com o objetivo de percebermos onde estamos a gastar o nosso dinheiro e onde podemos poupar. Apenas com planeamento e orçamentação, conseguimos ter uma imagem abrangente do estado das nossas finanças e traçar objetivos", Rui Bairrada, CEO do Doutor Finanças, num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

O Doutor Finanças, que é uma empresa especializada em finanças pessoais, partilha oito dicas com o objetivo de ter as "finanças arrumadas em 2022". Tome nota: 

1. Fazer um orçamento familiar - "Essencial para poder ter uma imagem real sobre onde estamos a gastar o nosso dinheiro. O objetivo é que consigamos visualizar todos os nossos gastos e, a partir daí, otimizar a nossa gestão financeira."

2. Rever todos os encargos para arrumar as finanças - "Depois de traçado o orçamento, para entrar em 2022 com as finanças arrumadas, é hora de rever os nossos encargos:

  • Crédito habitação - "A prestação do crédito habitação é, regra geral, a despesa que mais pesa noorçamento familiar. Contudo, existe a possibilidade de negociar as condições com o nosso banco ouverificar se existem outros bancos que apresentam melhores condições. A maior vantagem é poder ter um crédito com uma prestação mensal mais baixa."
  • Créditos pessoais - "Se temos vários créditos, como por exemplo, um crédito automóvel, um crédito para a compra de algum eletrodoméstico e ainda cartões de crédito, é natural que o total de todas as prestações pese no nosso orçamento. Também aqui podemos poupar. O crédito consolidado é uma solução financeira que permite juntar vários créditos num só, com melhores condições e uma única prestação mensal, mais baixa."
  • Seguros  - "Os seguros são outra rubrica que podemos rever para arrumar as nossas finanças. Podemos manter o nosso crédito habitação na atual entidade bancária e mudar os seguros para outra entidade, por exemplo. Quanto aos restantes, podemos identificar as nossas necessidades eanalisar as apólices, coberturas e exclusões."
  • Serviços  - "Vamos sempre a tempo de renegociar condições com as empresas fornecedoras."

3. Encarar a poupança como uma prioridade - "É muito comum ouvirmos a frase “chego ao final do mês e não consigo poupar”. Contudo, esta mentalidade deve ser alterada, uma vez que a poupança deve ser encarada como uma prioridade. O ideal é poupar logo no início do mês."

4. Fundo de emergência - "Além das poupanças por objetivos, existe outra ferramenta essencial para termos uma vida financeira mais descansada: o fundo de emergência. Este fundo consiste numa almofada financeira destinada apenas para imprevistos, como por exemplo, uma situação de desemprego inesperada."

Leia Também: Quanto duram as notas? Umas "dois a três anos", outras "perto de 12 anos"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório