Meteorologia

  • 03 AGOSTO 2021
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Novo crédito especializado caiu 14,1% em 2020 para 5.500 milhões

O volume de novos créditos ao consumidor para consumo pessoal ou automóvel caiu 14,1% em 2020, para 5,5 mil milhões de euros, adiantou hoje a Associação de Instituições de Crédito Especializado (ASFAC), em comunicado.

Novo crédito especializado caiu 14,1% em 2020 para 5.500 milhões
Notícias ao Minuto

14:59 - 21/07/21 por Lusa

Economia ASFAC

Na mesma nota, a ASFAC explicou que "este resultado está repartido entre cerca de 2,9 mil milhões de crédito a particulares e 2,6 mil milhões de crédito 'revolving' (cartões de crédito e linhas de crédito)".

De acordo com a mesma nota, os "meios de transporte (automóveis e motos) representaram 66,1% do total dos 3.088 milhões de euros concedidos no crédito clássico (caracterizado por ter um plano de amortização e prazo fixos)", sendo que "registam uma diminuição de 20,5% em relação ao período homólogo, em linha com a redução das vendas de automóveis ligeiros novos".

De acordo com a associação, os veículos ligeiros de passageiros usados "apresentam a maior fatia deste valor, tendo sido concedidos 1.492 milhões de euros, cerca de 73,1% da repartição do crédito clássico, por tipo de meio de transporte".

Paralelamente, segundo a ASFAC, o "crédito 'stock' ou crédito a fornecedores, financiamento de bens cuja aquisição é realizada com o objetivo de revenda, registou uma quebra de 5,5% em relação ao período homólogo".

Citado na mesma nota, o presidente da direção da ASFAC, Duarte Gomes Pereira, realçou que, "tal como na maioria dos setores, o crédito ao consumo também sentiu o impacto da pandemia de covid-19", com uma queda generalizada na concessão de crédito, tendo as instituições realizado "uma revisão das suas políticas de concessão de crédito neste período, com especial atenção às pessoas ou áreas mais afetadas".

Ainda assim, realçou, regista-se já "um aumento nos níveis de confiança e dinamismo no que toca ao crédito ao consumo".

Segundo a ASFAC, "o setor do crédito ao consumidor a nível europeu registou uma desaceleração em resultado da pandemia", tendo as instituições de crédito ao consumidor na Europa, representadas através da Eurofinas, concedido "créditos no valor de 400,6 mil milhões de euros, em 2020, um decréscimo de 13,1% face a 2019".

Leia Também: Crédito da casa: Juros em mínimos históricos. "Prepare-se para a subida"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório