Meteorologia

  • 26 JULHO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Banca sobe comissões de produtos mais utilizados à boleia da pandemia

De uma maneira geral, verifica-se um aumento das comissões associadas a produtos bancários cuja utilização foi impulsionada pela pandemia. 

Banca sobe comissões de produtos mais utilizados à boleia da pandemia

A pandemia veio mudar hábitos e a banca não é exceção. Com as restrições impostas, muitos clientes bancários optaram por recorrer mais aos produtos digitais e verificou-se, ao longo do último ano, um aumento das comissões cobradas por este tipo de serviços.

Tito Rodrigues, das relações institucionais da DECO Proteste, explicou, em declarações ao Notícias ao Minuto, que as transferências online são um destes exemplos. 

"Em 2020 apenas dois bancos cobravam pelas transferências online acima de 1,04 euros. Agora [em 2021] são já cinco", acrescentou. 

Tito Rodrigues dá ainda outro exemplo: Em 2020, três bancos cobravam mais de 20 euros pela anuidade do cartão de débito. Este ano são já sete. 

De uma maneira geral, verifica-se um aumento das comissões associadas a produtos cuja utilização foi impulsionada pela pandemia

Este agravamento das comissões acontece "num ano de inflação negativa", sublinha Tito Rodrigues, acrescentando que se tratam de "aumentos desproporcionais dado o cenário macro" que o país vive. 

Na segunda-feira, o jornal Público noticiou que, depois de o Parlamento ter aprovado medidas que impõem limites às comissões cobradas nas transferências por MB Way, a banca está a compensar este travão com um aumento nas comissões noutras áreas.

As alterações às comissões bancárias no MB Way, na rescisão e renegociação de crédito e, em novos contratos, o fim do processamento de prestação entraram em vigor a 1 de janeiro.

Quais são as alternativas? 

Perante os aumentos das comissões, os clientes bancários procuram alternativas e a verdade é que as há. Ainda existem bancos que não cobram comissões bancárias, "sobretudo bancos digitais, que conseguem ser competitivos". 

Existe também a conta de serviços mínimos bancários, que inclui um conjunto de produtos considerados essenciais a um preço mais reduzido. Porém, têm algumas limitações, na opinião de Tito Rodrigues:

"Gostaríamos que a conta de serviços mínimos fosse alargada", referiu, exemplificado com os mais jovens, que podem ter mais do que uma conta bancária em seu nome porque lhes é favorável e, por isso, não conseguem aceder ao 'pacote' de serviços mínimos. 

Leia Também: Abanca: Compra da sucursal do NB representa "baixo risco de execução"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório