Meteorologia

  • 06 OUTUBRO 2022
Tempo
29º
MIN 16º MÁX 30º

Wall Street fecha com alta modesta após dois dias de perdas

A bolsa nova-iorquina concluiu a sessão volátil de hoje em modesta alta, depois de ter começado em queda, depois de dois dias de perda.

Wall Street fecha com alta modesta após dois dias de perdas
Notícias ao Minuto

21:49 - 25/03/21 por Lusa

Economia Wall Street

Os resultados definitivos da sessão indicam que o Dow Jones Industrial Average, ao fim de duas sessões de desvalorização, avançou 0,62%, para os 32.619,48 pontos.

Os ganhos dos outros índices mais emblemáticos foram inferiores. O tecnológico Nasdaq progrediu 0,12%, para as 12.977,68 unidades, e o alargado S&P500 ganhou 0,52%, para as 3.909,52.

As taxas de juro das obrigações do Tesouro a 10 anos subiram, de 1,60% para 1,63%, "enquanto os investidores continuam agitados, pesando as implicações para as taxas das perspetivas de crescimento robusto em 2021" nos EUA, sublinharam os analistas da Schwab.

"No mercado acionista, continuamos a ver uma rotação dos valores tecnológicos do Nasdaq para os títulos de empresas dos setores tradicionais", salientou Boris Schlossberg, da BK Asset Management.

Desta forma, a Boeing subiu mais de três por cento, a United Airlines mais de quatro por cento, tanto quanto a empresa de cruzeiros Carnival.

Os valores do Nasdaq "foram valorizados fortemente quando as taxas de juro estavam a zero, mas quanto mais estas aumentam, mais comprimem esta valorização", disse Schlossberg.

As ações do setor financeiro aproveitaram esta ligeira subida dos rendimentos obrigacionistas e do dólar forte, que atingiu o máximo desde novembro, com o Wells Fargo a ganhar mais de três por cento e o Bank of America mais de dois por cento.

No que respeita a indicadores, os investidores ficaram a saber que as inscrições semanais para o subsídio de desemprego baixaram mais do que o previsto na semana passada, para 684 mil, que não obstante continuam acima do pico de 655 mil observado na crise financeira de 2008.

Ao mesmo tempo, o Departamento do Comércio reviu em alta o crescimento da economia dos EUA no quarto trimestre, de 4,1% para 4,3%, segundo a sua estimativa final.

A Nike perdeu 3,39%, por ter sido alvo de uma tempestade mediática na China, após ter decidido boicotar o algodão do Xinjiang, em contexto de alegações de "trabalho forçado" imposto aos uigures.

Já a Facebook e a Twitter perderam respetivamente 1,21% e 1,39%, no dia em que os seus dirigentes foram ouvidos no Congresso dos EUA sobre a desinformação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório