Meteorologia

  • 16 JANEIRO 2021
Tempo
MIN 4º MÁX 14º

Edição

Salesforce: Empresas já não vão voltar ao modelo pré-pandemia

O presidente e diretor de operações da Salesforce, Bret Taylor, disse hoje que as empresas já não vão voltar ao modelo pré-pandemia e há um imperativo para a transformação digital.

Salesforce: Empresas já não vão voltar ao modelo pré-pandemia
Notícias ao Minuto

22:00 - 02/12/20 por Lusa

Economia Salesforce

"Estamos num mundo completamente digital, em que se trabalha de qualquer parte", afirmou Bret Taylor, durante a abertura do evento anual da tecnológica, Dreamforce.

"Estamos a viver no futuro", afirmou o presidente. "Não vamos voltar para trás", continuou, sublinhando todas as alterações que aconteceram nos últimos dez meses, desde a transição para telemedicina às reuniões de empresa via Zoom.

A Salesforce, que oferece 'software' através da 'nuvem' (cloud), anunciou na terça-feira uma das maiores aquisições de sempre na indústria, ao comprar a Slack por 27,7 mil milhões de dólares (25,3 mil milhões de euros).

"Não poderia haver uma ferramenta mais relevante este ano", disse Bret Taylor, referindo-se à empresa adquirida, que fornece uma plataforma de comunicação para empresas. "Tudo passou a ser digital de um dia para o outro".

De acordo com o presidente e diretor de operações, há agora um "imperativo digital" a pressionar as empresas, independentemente do setor em que operam.

"Se você não tem um negócio digital, não tem um negócio", afirmou.

Marc Benioff, CEO da Salesforce, disse que a aquisição permitirá avançar uma "visão mágica" para o futuro e que a Slack "tem vindo a executar a visão da empresa social", o que justifica a sua integração mais efetiva com as ferramentas da casa-mãe.

Benioff também destacou a liderança da Salesforce no mercado de CRM (gestão do relacionamento com o cliente), com 19,8% de quota, à frente de gigantes como a Oracle e Microsoft.

O CEO da Slack, Stewart Butterfield, fez uma aparição no evento para falar da aquisição multimilionária num momento em que a pandemia de covid-19 ainda não está controlada e continua a alterar as indústrias.

"Vamos absolutamente trabalhar a partir de qualquer parte", afirmou Butterfield.

"Vamos lembrar-nos deste momento", considerou, comparando o efeito da pandemia nas empresas a momentos decisivos da indústria tecnológica, como o lançamento do Windows 95 e a invenção da computação na 'nuvem'.

"Este é um momento fundamental e uma oportunidade de transformamos a forma como trabalhamos", afirmou.

A apresentação incluiu ainda o testemunho da governadora de Rhode Island, Gina Raimondo, que explicou como a parceria com a Salesforce permitiu escalar os esforços do estado norte-americano para rastrear contactos de infetados por covid-19.

Marc Benioff, Bret Taylor e Stewart Butterfield falaram em direto de São Francisco no evento anual da companhia, Dreamforce, que este ano é transmitido 'online' por causa da pandemia de covid-19.

Leia Também: Restrições horárias por causa da Covid-19 ameaçam negócio das PME

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório