Meteorologia

  • 05 AGOSTO 2021
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 29º

Edição

Abanca reduz lucros em 62% após constituir reservas para combater a Covid

O espanhol Abanca obteve um lucro de 143,4 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2020, menos 62,2% do que há um ano, depois de ter feito provisões de 210,8 milhões para responder à crise da covid-19.

Abanca reduz lucros em 62% após constituir reservas para combater a Covid
Notícias ao Minuto

12:56 - 03/11/20 por Lusa

Economia Banca

A instituição com sede na região espanhola da Galiza, que também está presente em Portugal, informa em comunicado de imprensa que a margem financeira (o rendimento do negócio bancário) cresceu 10,3%, para 463,9 milhões de euros, aos quais se devem acrescentar 175,2 milhões de rendimentos de serviços (comissões e outros), um aumento de 19% em relação aos primeiros nove meses de 2019.

O crédito aos clientes aumentou 7,6%, para 8.503 milhões, no final do terceiro trimestre do corrente ano e os depósitos de clientes aumentaram 7,3%, para 40.812 milhões.

Abanca, assim como as restantes instituições financeiras, fez provisões para se proteger contra os efeitos negativos da pandemia de covid-19 num montante que tem vindo a aumentar ao longo do corrente ano, passando de 78 milhões no primeiro trimestre para 210,8 milhões no final de setembro.

Em termos de solvência, o Abanca tem um rácio de capital de maior qualidade, CET1, que subiu para 13,3%, um valor acima do imposto pelas autoridades regulatórias em 532 pontos básicos (1.587 milhões de euros).

A instituição financeira informa que nos primeiros nove meses do ano teve um volume de negócios de mais de 93.000 milhões de euros.

O Abanca assinou em finais de setembro passado o contrato de compra da atividade bancária de retalho do Crédit Agricole em Espanha (Bankoa), depois de ter adquirido o negócio da Caixa Geral de Depósitos, também em Espanha, em 2018.

Essa operação foi a quinta transação realizada pelo Abanca desde a sua criação, em 2014.

A primeira foi a integração do Banco Etcheverría, em 2014, em 2017, comprou a Popular Servicios Financieros, em 2018, o Deutsche Bank PCB em Portugal e, no mesmo ano, comprou à Caixa Geral de Depósitos o seu banco em Espanha, o Banco Caixa Geral.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório