Meteorologia

  • 31 OUTUBRO 2020
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Indicadores coincidentes agravam-se ligeiramente em agosto

Os indicadores coincidentes para a atividade económica e para o consumo privado agravaram-se ligeiramente em agosto, face a julho, segundo dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal.

Indicadores coincidentes agravam-se ligeiramente em agosto
Notícias ao Minuto

12:55 - 18/09/20 por Lusa

Economia BdP

Em agosto, a taxa de variação homóloga do indicador para a atividade económica foi de -11,5%, acima dos -11,2% de julho, enquanto a variação homóloga do indicador para o consumo privado passou de -11,3% para -11,5%.

Na informação hoje divulgada, o Banco de Portugal considera que estes indicadores "apresentaram uma relativa estabilização" em agosto, já que, "no contexto de elevada volatilidade económica, à semelhança das estimativas dos meses anteriores, os indicadores coincidentes apresentam uma maior dificuldade na identificação do ciclo e da tendência da economia".

"Assim, não só a amplitude da queda estimada pelos indicadores coincidentes no início da crise foi menor, como a eventual recuperação, já visível noutros indicadores, ainda não está a ser captada por estes indicadores", refere o banco central.

Considerando o trimestre terminado em agosto, as taxas de variação homóloga dos indicadores para a atividade económica e para o consumo privado foram negativas em 11% e 11,1%, respetivamente, o que compara com -10,3% de julho (valor de ambos os indicadores nesse mês).

Desde o início do ano, a taxa média de variação do indicador coincidente mensal para a atividade económica é de -7,9% (0,8% positivo no período homólogo de 2019), enquanto a do indicador coincidente mensal para o consumo privado é de -7,7% (2,0% em 2019).

Os indicadores coincidentes são indicadores compósitos que procuram captar a evolução subjacente da variação homóloga do respetivo agregado macroeconómico.

Ressalvando que a incorporação de nova informação pode refletir-se mensalmente na revisão dos valores passados dos indicadores coincidentes, o BdP alerta que no atual contexto de crise pandémica "é expectável que se verifiquem revisões dos indicadores coincidentes superiores ao habitual".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório