Meteorologia

  • 16 JULHO 2020
Tempo
37º
MIN 25º MÁX 39º

Edição

Bolsa de Lisboa segue a negociar em baixa com Galp a cair 0,77%

A bolsa de Lisboa estava hoje a inverter a tendência de alta da abertura, com as ações da Galp a lideraram as perdas, a caírem 0,77% para 10,35 euros.

Bolsa de Lisboa segue a negociar em baixa com Galp a cair 0,77%
Notícias ao Minuto

09:34 - 30/06/20 por Lusa

Economia Bolsas

Cerca das 09:20 em Lisboa, o principal índice da bolsa, o PSI20, recuava 0,05% para 4.390,26 pontos, com os 10 'papéis' a descerem, sete a subirem e um inalterado.

Além das da Galp, as ações que mais desciam eram as da Mota-Engil, CTT e EDP Renováveis, que registavam perdas de 0,70% para 1,14 euros, 0,69% para 2,15 euros e 0,49% para 12,10 euros.

Em sentido inverso, as ações da Sonae Capital, NOS e Pharol lideravam as subidas, já que estavam a valorizar-se 1,98% para 0,52 euros, 1,73% para 3,88 euros e 1,18% para 0,10 euros.

Na Europa, as principais bolsas abriram hoje mistas e cautelosas depois de Pequim ter aprovado a lei de segurança de Hong Kong, que pode originar represálias dos Estados Unidos.

Além das tensões geopolíticas, os investidores continuam preocupadas com o aumento de casos de covid-19 em todo o mundo que pode pôr em risco a recuperação económica.

Em sentido inverso, hoje foi divulgado que a atividade da indústria transformadora na China subiu em junho para um máximo de três meses, sustentada por uma maior procura.

Hoje o National Statistics Office (ONS) informou que a última estimativa do Produto Interno Bruto (PIB) britânico indica que este caiu 2,2% no primeiro trimestre do ano face aos três meses anteriores, a maior queda desde 1979.

Os setores que registaram as maiores quedas entre janeiro e março foram o dos serviços, que caiu 2,3%, o da indústria, que baixou 1,1%, e o da construção, que recuou 1,7%, acrescentou o gabinete de estatística britânico.

Nos Estados Unidos, o presidente da Reserva Federal (Fed), Jerome Powell, vai comparecer hoje no comité financeiro da Câmara de Representantes para comentar o pacote de assistência orçamental e monetária perante a crise da covid-19.

Na segunda-feira, a bolsa de Nova Iorque terminou com o Dow Jones a subir 2,32% para 25.595,80 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a avançar 1,20% para 9.874,15 pontos, contra o atual máximo de 9.817,18 pontos em 19 de fevereiro.

A nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1209 dólares, contra 1,1227 dólares na segunda-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em agosto abriu com tendência negativa, a cotar-se a 41,35 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 41,71 dólares na segunda-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório