Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Fórum Norte-Sul de Lisboa discute desenvolvimento sustentável

Os objetivos de desenvolvimento sustentável proposto pelas Nações Unidas até 2030 são o tema central da 25.ª edição do Fórum de Lisboa do Centro Norte-Sul do Conselho da Europa, que se realiza em 25 e 26 de novembro.

Fórum Norte-Sul de Lisboa discute desenvolvimento sustentável

No ano em que comemora o seu 30.º aniversário, o Centro Norte-Sul realiza mais um Fórum, no Centro Ismaili, em Lisboa, para debater o desenvolvimento e os direitos humanos, a democracia e o estado de direito, tendo por pano de fundo a proposta da ONU para o desenvolvimento sustentável até 2030.

O Fórum de Lisboa é o pretexto para a primeira visita da recém-eleita secretária-geral do Conselho da Europa, a croata Marija Buric, no momento em que a organização celebra os 70 anos.

A lista de convidados inclui ainda Miguel Ángel Moratinos, alto representante para a Aliança das Civilizações, que traz até ao Fórum de Lisboa uma mensagem do secretário-geral da ONU, António Guterres, e o ex-Presidente da República portuguesa Jorge Sampaio, que foi presidente honorífico do Centro Norte-Sul em Lisboa e, anteriormente, alto representante da ONU para a Aliança das Civilizações.

Pela Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa estará ainda a sua presidente, Liliane Pasquier, ao lado de um leque de representantes de governos, parlamentos, autoridades locais e regionais e sociedade civil em geral.

"O mais importante é mesmo o debate que se consegue, à volta de um tema que as Nações Unidas definiram como primordial", explicou à Lusa José Rui Caroço, diretor do Centro Norte-Sul em Lisboa.

Para além da reflexão sobre a relação entre o desenvolvimento e os direitos humanos, para o pleno alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, a edição do Fórum de Lisboa visa ainda refletir sobre o modo como o Conselho da Europa pode contribuir para alcançar os propósitos colocados pelas Nações Unidas.

Criado em 1989, o Centro Norte-Sul foi organizado em Lisboa com o propósito de divulgar valores universais adotados pelo Conselho da Europa -- direitos humanos, democracia e estado de direito -- para além do continente europeu.

As 24 anteriores edições do Fórum de Lisboa têm procurado abordar as várias facetas de representação destes valores, em debates que, no final, deixam um relatório com recomendações sobre práticas atuais e futuras.

"É um documento que procura deixar pistas", explica José Rui Caroço, referindo-se ao relatório conclusivo de cada sessão anual do Fórum de Lisboa, acrescentando que o Centro procura a cada momento "cumprir o lema 'Um só Mundo o nosso Mundo', construindo juntos um futuro mais justo e sustentável para todos".

Para o Centro Norte-Sul do Conselho da Europa é essencial abordar os temas centrais da organização "à luz da necessidade de se conjugarem esforços e boas vontades, a nível internacional, regional, nacional e local, numa perspetiva multilateral e inclusiva, envolvendo as autoridades e a sociedade civil de vários países, nas mais diversas geografias, apelando à participação e empenhado espírito cívico de todos, em diálogo e compreensão das diferenças".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório