Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

Companhia aérea testa o voo mais longo da história. São 20 horas

A Qantas Airways vai testar, este fim de semana, o voo mais longo da história entre Nova Iorque e Sydney.

Companhia aérea testa o voo mais longo da história. São 20 horas
Notícias ao Minuto

10:16 - 17/10/19 por Notícias ao Minuto 

Economia Qantas Airways

Até agora, o voo mais longo da história corresponde à ligação entre Singapura e Nova Iorque, ou seja, 19 horas dentro de um avião, sem escalas. Porém, a Qantas Airways vai testar, este fim de semana, um voo de 20 horas, que ligará Nova Iorque a Sydney. 

O voo tem partida prevista da cidade norte-americana na sexta-feira, sendo que só chega à cidade australiana no domingo, de acordo com o CincoDías.

A ligação aérea em questão atravessará 15 fusos horários diferentes, segundo o mesmo jornal. 

Este voo será também um teste à resistência humana, uma vez que a bordo da aeronave vão também médicos e cientistas para criar uma espécie de laboratório em alta altitude. Estes especialistas vão avaliar o cérebro e a capacidade de resposta dos pilotos, monitorizando também a alimentação e o sono de alguns passageiros. 

Se o teste for bem-sucedido, a companhia aérea poderá lançar estas rotas comercias em 2022, ainda segundo o jornal espanhol.

A realização de voos mais longos está a ser impulsionada pelo desenvolvimento de aeronaves mais leves e aerodinâmicas, o que permite a realização dos mesmos, evitando escalas e perdas de tempo. 

Ainda assim, há também uma preocupação por parte das companhias aéreas para reduzir os efeitos do 'jet lag'. As empresas estão a investir em vários produtos e medicamentos que possam ajudar a controlar estes sintomas. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório