Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 14º

Edição

Revisão em alta do 'rating' reflete melhoria do desempenho da economia

O Ministério das Finanças afirma, em comunicado, que a revisão em alta de hoje pela DBRS do 'rating' de Portugal "reflete a melhoria continuada e estrutural do desempenho da economia portuguesa".

Revisão em alta do 'rating' reflete melhoria do desempenho da economia

"A agência de 'rating' DBRS reviu hoje em alta o 'rating' da República Portuguesa para BBB ('high') com perspetiva estável. Esta revisão reflete a melhoria continuada e estrutural do desempenho da economia portuguesa", indica o Ministério das Finanças num comunicado hoje divulgado.

O ministério tutelado por Mário Centeno refere que a DBRS "destaca o esforço continuado de consolidação orçamental estrutural, que se traduz no equilíbrio das contas públicas e na redução sustentada do rácio da dívida pública face ao Produto Interno Bruto (PIB), no quadro de uma política que promove o investimento, o crescimento sustentável e a criação de emprego permanente".

As Finanças frisam também que a agência de 'rating' salienta "mudanças positivas na estrutura da economia portuguesa que favorecem a continuação do crescimento económico equilibrado".

Na nota divulgada em reação à revisão do 'rating' de Portugal pela DBRS, o ministério dirigido por Mário Centeno indica ainda que "a dívida pública portuguesa beneficia hoje da classificação de investimento pelas quatro principais agências de 'rating' internacionais, estando com perspetiva positiva nas outras três".

Portugal tem atualmente uma avaliação de 'BBB' pela Fitch e Standard & Poor's (segundo nível da categoria de investimento) e 'Baa3' pela Moody's (primeiro nível na categoria de investimento, um nível acima de 'lixo').

Nestas três agências de notação financeira, a perspetiva do 'rating' é positiva, o que significa que pode haver melhorias em próximas revisões.

"Esta revisão em alta é mais um passo fundamental que traduz a política de credibilização de Portugal, a qual é essencial para prosseguir a estratégia de crescimento inclusivo com estabilidade política, económica e social", rematam as Finanças.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório