Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2019
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Lucro da Glintt sobe 4,1% para mais de 443 mil euros no 1.º trimestre

A tecnológica Glintt registou 443.334 euros de lucro no primeiro trimestre, mais 4,1% do que em igual período do ano anterior, foi hoje comunicado ao mercado.

Lucro da Glintt sobe 4,1% para mais de 443 mil euros no 1.º trimestre
Notícias ao Minuto

18:56 - 31/05/19 por Lusa

Economia Tecnologia

De acordo com a informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), no período em causa, o resultado operacional da empresa avançou 43% para 1.232.706 euros.

Por sua vez, o volume de negócios da tecnológica fixou-se em 22.799.943 euros, o equivalente a uma subida homóloga de 15,2%.

"Esta evolução teve origem, principalmente, no mercado nacional, com um crescimento de 16%, embora se tenha verificado uma evolução favorável da atividade internacional, nomeadamente em Espanha, com crescimento de 17%, o que contribuiu para que o volume de negócios obtido em mercados internacionais atingisse 24% do volume de negócios total", lê-se no documento.

Relativamente à composição da faturação, verificou-se uma "evolução favorável" de 36,8% nas vendas e de 8,6% na componente dos serviços.

Já os resultados antes de impostos das operações continuadas mais do que duplicaram (159,2%), passando de 258.659 no primeiro trimestre de 2018 para 670.539 euros em igual trimestre deste ano.

A Glintt - Global Intelligent Technologies é uma das maiores empresas tecnológicas portuguesas a operar na Europa, África e América Latina, contando com cerca de 1.040 trabalhadores.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório