Meteorologia

  • 23 JULHO 2019
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 22º

Edição

Uber traz mais 1.000 bicicletas para Lisboa. São 'made in Portugal'

Novos modelos, produzidos em Portugal, trazem um sistema de segurança reforçado. Começam a circular no dia 1 de junho, já este sábado.

A unidade da Uber de bicicletas elétricas, a Jump, anunciou que vão chegar à capital mais 1.000 modelos da marca produzidos em Portugal. As novas bicicletas, mais modernas do que as que já circulam, chegam no dia 1 de junho, já este sábado, e trazem um sistema de segurança reforçado. Mas há mais novidades.  

"A experiência de condução será ainda mais fiável, já que a partir de agora a bicicleta consegue auto-diagnosticar as falhas mais comuns. E com conectividade total, a nossa frota está mais inteligente e segura, já que utilizamos os dados de diagnóstico em tempo real de cada veículo para otimizar o seu desempenho com algoritmos que vão diretamente para a nossa cloud", refere Ryan Rzepecki, co-fundador e CEO da Jump, num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

As novas bicicletas Jump estão equipadas com a "plataforma de tecnologia mais inteligente em micromobilidade". Através da funcionalidade de 4G, a experiência de reservar uma bicicleta será "muito mais rápida".

Algumas das novidades são a existência de um QR Code e suporte para telemóvel, a existência de um painel frontal, um novo sistema de carregamento e cabo integrado na estrutura da bicicleta, para dar mais flexibilidade ao prender a bicicleta.

Lisboa, sublinhe-se, foi a primeira cidade europeia a receber as bicicletas Jump, com 750 veículos. Com este reforço, a capital portuguesa passa a contar com 1.750 bicicletas da Uber. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório