Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Taxa de desemprego nas cidades chinesa recua para 4,8% em maio

A taxa de desemprego nas zonas urbanas da China fixou-se em 4,8%, menos uma décima do que no mesmo mês do ano anterior e face a abril, informou hoje o Gabinete Nacional de Estatísticas (GNE) chinês.

Taxa de desemprego nas cidades chinesa recua para 4,8% em maio
Notícias ao Minuto

06:08 - 14/06/18 por Lusa

Economia Pequim

"A estabilidade manteve-se no mercado laboral da China em maio, com um nível de desemprego relativamente baixo", informou o GNE.

A mesma fonte detalhou que o desemprego se fixou em 4,7% em 31 cidades, uma décima menos do que em maio de 2017 e sem alterações face ao mês passado.

A taxa de desemprego nas zonas urbanas do país é calculada tendo em conta o número de pessoas desempregadas que participam numa pesquisa do GNE, e inclui trabalhadores migrantes.

Esta forma de medição é utilizada desde 2014, para refletir de forma mais precisa a situação do mercado laboral, e serve como complemento aos dados recolhidos pelo ministério de Segurança Social e dos Recursos Humanos.

Desde abril deste ano, o GNE difunde os dados mensais visando controlar melhor e oferecer informação aos legisladores em matéria de emprego.

As zonas urbanas da China representam pouco mais de metade da população total do país, fixada em quase 1.400 milhões de pessoas.

O desemprego nas zonas rurais não é contabilizado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório