Aniversário salvou Marcelo Boeck da tragédia

Clube deu permissão ao guarda-redes para festejar o seu aniversário.

© Reuters
Desporto Declarações

Marcelo Boeck foi um dos jogadores que não viajou com a restante comitiva do Chapecoense, sobrevivendo assim a esta tragédia que causou a morte a 76 pessoas.

PUB

O agente do guarda-redes emprestado pelo Sporting ao clube brasileiro explicou que a não convocatória de Boeck se prendia com o facto do futebolista ter completado 32 anos esta segunda-feira.

“O clube deu-lhe permissão para não viajar. Foi um grande alívio mas ao mesmo tempo um golpe muito duro e uma tristeza muito grande que afetou toda a gente no mundo do futebol”, disse o agente do jogador, em declarações, citado pelo The Sun.

“O Marcelo foi ter com a sua família ao estádio Chapecoense, onde encontrou os outros jogadores que também não seguiram viagem. Falei com ele e está extremamente triste com tudo o que se tem passado”, realçou.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS