Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
18º
MIN 10º MÁX 20º

Governo dos Açores "resolve" problema dos sub-23 do Santa Clara

O presidente do Governo dos Açores garantiu hoje que os futebolistas sub-23 do Santa Clara vão continuar a jogar em São Miguel, assegurando que vão ser criadas condições para evitar a deslocação da equipa para a ilha Terceira.

Governo dos Açores "resolve" problema dos sub-23 do Santa Clara
Notícias ao Minuto

15:28 - 10/10/23 por Lusa

Desporto Liga Revelação

"Está resolvido", afirmou José Manuel Bolieiro, quando questionado sobre se o Governo Regional estava a trabalhar numa solução para garantir a realização dos jogos dos sub-23 do Santa Clara na ilha de São Miguel.

O líder do executivo dos Açores (PSD/CDS-PP/PPM) adiantou que estão a ser ultimadas as "conversações" e as "disponibilidades logísticas" entre o clube, o Governo Regional e a Federação Portuguesa de Futebol para garantir que a equipa de sub-23 do Santa Clara não abandone a ilha de São Miguel.

"Estou habituado, perante problemas, a focar-me não nos mesmos, mas nas suas soluções. A referência do presidente do governo é ser uma solução. E cá está. Temos a solução a caminho", afirmou Bolieiro, à margem de uma cerimónia em Ponta Delgada.

E acrescentou: "[A solução] é assegurar que haja condições para que os jogos se realizem na ilha de São Miguel e em Ponta Delgada, sede do clube".

Em 29 de agosto, o Santa Clara anunciou que a equipa de sub-23 do conjunto açoriano iria deixar de jogar em São Miguel para competir na ilha Terceira devido "à impossibilidade de acordo com o poder local".

Em nota de imprensa assinada pelos presidentes do clube e da SAD, o Santa Clara revelou então que a recém-criada equipa de sub-23 iria jogar no estádio João Paulo II, em Angra do Heroísmo, já no jogo frente ao Estoril Praia, marcado para 24 de outubro.

Hoje, o social-democrata José Manuel Bolieiro disse "gostar" de encarar os "problemas como algo a resolver".

"Gosto de ser esse exemplo. Um exemplo de uma liderança pela factualidade. Focado nas soluções. Confrontando com os problemas como algo a resolver a não apenas a debater", assinalou.

Na sexta-feira, o CDS-PP, que integra o Governo dos Açores, considerou que os sub-23 do Santa Clara foram "impedidos" de jogar em São Miguel pelos diretores do Desporto e Educação e exigiu uma "solução conjunta" para reverter a decisão.

"Por responsabilidade direta dos diretores regionais do Desporto e da Educação, a equipa de sub-23 do Santa Clara foi impedida de utilizar o Complexo Desportivo das Laranjeiras e obrigada a competir na ilha Terceira o que, no entendimento do CDS-PP da ilha Terceira, penaliza gravemente a equipa micaelense", afirmou o CDS-PP em comunicado.

O Complexo Desportivo das Laranjeiras, localizado em Ponta Delgada, pertence à região e serve como campo de treino da equipa principal do Santa Clara. O espaço recebe ainda as aulas de Educação Física da escola secundária das Laranjeiras e treinos de clubes de atletismo da ilha.

Antes da decisão, o Santa Clara emitiu um comunicado a criticar as declarações do diretor do Desporto do Governo dos Açores, que em entrevista ao jornal Correio dos Açores explicou que os sub-23 não recebem apoios às deslocações porque não tiveram mérito desportivo no acesso à competição.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório