Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 22º

Rui Jorge: "Quando não estamos ao nível em que temos de estar..."

Selecionador nacional admite que faltou agressividade e eficácia à equipa lusa.

Rui Jorge: "Quando não estamos ao nível em que temos de estar..."
Notícias ao Minuto

19:48 - 21/06/23 por Notícias ao Minuto

Desporto Europeu de sub-21

Rui Jorge, selecionador nacional de sub-21, em declarações ao Canal 11, logo após a derrota frente à Geórgia (0-2), na estreia no Europeu da categoria. 

Análise: "Não conseguimos ser superiores na eficácia do jogo. Na primeira parte não jogámos tão rápido quanto deveríamos ter jogado em determinadas situações. Fomos controlados, não estávamos a criar muitas situações e fomos pouco agressivos. (...) Estávamos a pressionar bem o adversário, com o controlo do jogo, mas estava a faltar-nos um bocadinho de agressividade ofensiva. Tivemos pouquíssimas oportunidades na primeira parte ou nenhuma, mesmo. E com dois golos sofridos, tivemos de reagir de outra forma. Alterámos o sistema de jogo para a segunda parte, criámos algumas situações no início. O golo não entrou e quando o golo não entrou intranquilizou-nos um bocadinho, mas lutámos até final."

Expulsão: "A expulsão dificultou e depois da expulsão já é um jogo só de coração. Até à expulsão ainda tentámos de uma forma organizada ir à procura do golo que nos permitisse reentrar na partida, mas depois foi apenas coração e muito risco no jogo."

Onze escolhido falhou?: "Eu acho que estávamos a jogar bem. Acho que estávamos a fazer uma boa primeira parte. Com alguma falta de agressividade ofensiva, volto a dizer, mas estávamos a provocar desgaste no adversário: estávamos a circular, a obrigá-los a correr e não estávamos a deixá-los sair. Claro que queria aquela primeira parte com mais alguma agressividade ofensiva."

Tomás Araújo foi expulso e errou no primeiro golo: "A expulsão já é numa fase tardia do jogo. Já estávamos a correr algum risco, com alguma desorganização, muita vontade e menor discernimento. Tentou uma recuperação defensiva, estava em posição de dificuldade. (...) O erro que teve na primeira parte é um erro, ele sabe que é um erro, mas não foi por isso que perdemos."

O que vai fazer para recuperar o grupo: "O mesmo de sempre. Vamos continuar a treinar para nos exibirmos em bom plano. Foi um jogo ingrato para nós. O resultado não traduz de forma alguma o que se passou no jogo, mas a alta competição é assim. Os candidatos provam-se dentro do campo e esses normalmente têm grande eficácia, como nós tivemos na qualificação. E quando não estamos ao nível em que temos de estar, devemos ser penalizados. E acho que foi isso que aconteceu."

Leia Também: João Neves desiludido na estreia pelos sub-21: "Está aqui na garganta..."

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório