Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 24º

Outro central que resolve ao minuto 90: As notas do Vizela-FC Porto

Marcano marcou o golo do triunfo do FC Porto nas Caldas de Vizela.

Outro central que resolve ao minuto 90: As notas do Vizela-FC Porto

Por Alvalade mora um central, de seu nome Sebastián Coates que, em tempos, e por diversas vezes,  saltou para o território dos avançados para dar o triunfo aos leões.

Este domingo, foi a vez de outro central, agora do FC Porto, e de seu nome Iván Marcano, aparecer na zona do ponta de lança, para dar os três pontos aos dragões nas Caldas de Vizela.

O campeão nacional venceu pela margem tangencial (1-0), num jogo em que sentiu enormes dificuldades para desmontar uma equipa muito bem trabalhada de Álvaro Pacheco.

A primeira parte pouco trouxe a nível de ocasiões, afinal quase podíamos dizer que foi um jogo sem balizas, para na etapa complementar, com as entradas de Veron, Toni Martínez, Otávio e Galeno, o dragão ganhar outra pujança, e muita por culpa do avançado brasileiro. Uma segunda parte em que Conceição arriscou e, a espaços, o Vizela quase arrombou a baliza rival, mas faltou sobretudo pontaria, nomeadamente a Nuno Moreira, para a bonança ficar em solo minhoto.

Vamos então às notas de destaque desta partida:

Figura

Iván Marcano é, indubitavelmente, a figura da partida. Não só marcou o golo do triunfo, quase sobre a ‘buzina’, como ainda esteve em grande nível nos duelos aéreos disputados, como na hora de recuperar a ‘redondinha’. De salientar ainda que raramente falhou um passe.

Surpresa

Com Galeno em campo, o FC Porto ganhou outro pulmão. A bola chegou com mais perigo à grande área do Vizela, na etapa complementar, e deveu-se sobretudo à entrada do ex-Sporting de Braga. O avançado foi uma ‘locomotiva’ de futebol ofensivo e ainda esteve na assistência para o golo do defesa espanhol.

Desilusão

Danny Loader passou completamente ao lado do encontro. Saiu ao intervalo e durante a etapa inicial pouco ficou do trabalho que realizou em campo. Pouco afoito no trabalho ofensivo, como também não esteve acertado na ligação com os médios.

Treinadores

Álvaro Pacheco voltou a cumprir a premissa da época transata: a ida de um ‘grande’ às Caldas de Vizela representa sempre um cabo das tormentas. O conjunto minhoto apresentou-se muito bem estruturado, e tão sólido esteve a defender como espevitado esteve a atacar. O minuto 90 acabou por estragar uma missão quase perfeita do emblema anfitrião.

Sérgio Conceição conseguiu o mais importante, os três pontos, mas terminou o encontro com algumas dores de cabeça e uma deixa que fica no ar: “Há jogadores que não cumprem”. O técnico azul e branco terminou a primeira parte bastante insatisfeito, mas na etapa complementar colocou toda a ‘carne no assador’ e acabou por ver um FC Porto de melhor qualidade, sobretudo com a entrada de Galeno.

Árbitro da partida

Fábio Veríssimo cumpriu com distinção a missão nas Caldas de Vizela. Boa arbitragem do juiz de Leiria, seja no capítulo disciplinar como no técnico. Bem em nada a assinalar no lance em que Taremi ficou a pedir penálti.

Leia Também: Conceição pouco satisfeito com a equipa: "Há jogadores que não cumprem"

Leia Também: Campeão não se rendeu: Vizela cai ao minuto 90 à custa do herói Marcano

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório