Meteorologia

  • 23 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 22º

151 milhões depois, Benfica mira primeiro título... contra última vítima

Os encarnados conquistaram um troféu, pela última vez, em agosto de 2019. Desde então, muita coisa mudou no clube da Luz, mas nada surtiu efeitos a nível de conquistas.

151 milhões depois, Benfica mira primeiro título... contra última vítima
Notícias ao Minuto

07:19 - 28/01/22 por Miguel Simões c/ Carlos Pereira Fernandes

Desporto Taça da Liga

O Benfica está há 909 dias sem acumular troféus para o seu extenso palmarés e, este sábado, na final da Taça da Liga, diante do Sporting, terá uma nova oportunidade para quebrar esses números precisamente contra a última vitima.

Desde o dia 4 de agosto de 2019, altura em que os encarnados golearam o Sporting (5-0) e conquistaram a Supertaça Cândido de Oliveira, muita coisa mudou no emblema da Luz: vendas de ativos preponderantes, investimento de milhões de euros, mudanças no comando técnico e, inclusive, trocas na direção das águias.

Toda esta reformulação teve um grande impacto na dinâmica de vitórias encarnadas, de tal forma que o Benfica nunca mais ergueu nenhum troféu, embora por vezes tenha dado algumas alegrias aos adeptos, ao passar com sucesso fases importantes da Liga dos Campeões. 

Em 2019/20, depois de já ter gasto 45 milhões de euros em reforços como Raúl de Tomás ou Carlos Vinícius, o Benfica de Bruno Lage ainda foi ao mercado resgatar Julian Weigl no mercado de inverno, mas nada que se compare com os valores gastos por Jorge Jesus na época seguinte.

Foram nove contratações, cujo total subiu, inclusive, aos três dígitos em milhões de euros (105,5 M€), sem que nada disso se traduzisse... em conquistas. Numa época ficaram em segundo lugar, na outra não foram além do terceiro, acumulando finais perdidas na Taça de Portugal.

Reforços

Valor investido
Julian Weigl (19/20) 20 M€
Darwin Núñez (20/21) 24 M€
Everton Cebolinha (20/21) 20 M€
Pedrinho (20/21) 18 M €
Luca Waldschmidt (20/21) 15 M€
Nicolás Otamendi (20/21) 15 M€
Lucas Veríssimo (20/21) 6,5 M€
Gilberto (20/21) 3 M€
Jean-Clair Todibo (20/21) 2,5 M€
Helton Leite (20/21) 1,5 M€
Roman Yaremchuk (21/22) 17 M€
Soualiho Meïté (21/22) 6 M€
Gil Dias (21/22) 1,5 M€
Nemanja Radonjic (21/22) 1 M€
TOTAL 151 M€

No meio disto tudo, há que referir que foram saindo jogadores relevantes que encheram os cofres da Luz, nomeadamente referências como João Félix (127 M€), Rúben Dias (68 M€) ou Raúl Jiménez (38 M€). Porém, todas essas "lacunas" foram colmatadas e, por vezes, em dose reforçada, sem resultados práticos. 

Esta época, já com Rui Costa a liderar a direção dos encarnados, após a polémica detenção de Luís Filipe Vieira, as águias gastaram 25,5 milhões de euros, sendo que mais de metade incidiu em Yaremchuck. Até ao momento, sem motivos para satisfação, uma vez que o Benfica, não só já mudou novamente de treinador (Jorge Jesus saiu e, à semelhança do que tinha acontecido com Bruno Lage, Nélson Veríssimo assumiu no que restou da época), como ainda se encontra tão próximo do primeiro lugar como do quarto, isto é, a nove pontos.

Se recorrermos ao onze da última conquista (há quase dois anos e meio), verificamos que alguns jogadores ainda se mantêm no plantel atual, como é o caso de Pizzi, Rafa Silva, Grimaldo, Seferovic, Ferro e Chiquinho, com a particularidade de quatro destes seis terem construído a goleada por 5-0 diante do velho rival (dois golos de Pizzi, um de Rafa, um de Grimaldo e outro do na altura recém-entrado Chiquinho).

Ao longo dos últimos anos, o Benfica tem perdido contra os rivais com mais frequência, nomeadamente frente ao Sporting, mas também há fatores históricos que favorecem as possibilidades de sucesso dos encarnados na final. Um deles é que os três duelos entre as duas equipas na competição terminaram com triunfos das águias. O outro passa pelo facto de Nélson Veríssimo ter vencido Rúben Amorim no único confronto direto que tiveram, numa vitória por 2-1, na última jornada da época 2019/20.

151 milhões de euros depois, o Benfica volta a ter uma oportunidade de outro para "matar o borrego" e riscar a marca de estar há mais de 900 dias sem erguer um troféu.

Leia Também: "Dérbi com o Benfica? O Sporting não é favorito. Será um jogo dividido"

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório