Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2020
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

"Não estamos aqui para impedir que o FC Porto seja campeão"

Treinador do Sporting compareceu na conferência de imprensa de antevisão do embate entre dragões e leões.

"Não estamos aqui para impedir que o FC Porto seja campeão"
Notícias ao Minuto

16:19 - 14/07/20 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Rúben Amorim

O Sporting visita o FC Porto na noite desta quarta-feira, no Clássico da 32.ª jornada da I Liga. Nesta tarde, Rúben Amorim, técnico verde e branco, compareceu na conferência de imprensa de antevisão ao duelo entre dragões e leões, que se poderá revelar decisivo paras as contas não só do título, como da luta pelo terceiro lugar do campeonato.

Confira o essencial da conferência de imprensa de Rúben Amorim:

Dificuldades que espera diante do FC Porto: Não vejo muitas diferenças, é uma equipa muito competitiva, com várias soluções. Pode jogar em 4-4-2-, 4-3-3... está preparada para tudo. Se olharmos para o último jogo em que estive contra eles, quando estava no Sporting de Braga, e olhar para o FC Porto agora, que está a um ponto do título... revela muito do seu treinador, do clube e do espírito da equipa. Vejo uma equipa que quer ser campeã. E, do outro lado, vai estar uma equipa que quer vencer o jogo, que está numa boa fase e que precisa destes jogos para crescer. Prevejo um grande jogo e espero que o Sporting faça um grande jogo.

Vitória no Clássico como prémio de consolação para o Sporting?: De forma alguma. São três pontos. O importante é nós, que ainda lutamos por um objetivo, mantenhamos esse objetivo. No Sporting, a consolação de uma época não pode passar por ganhar a um rival, seja em que jogo. Não estamos aqui para impedir que o FC Porto seja campeão, mas sim para ganhar os nossos jogos e atingir os nossos objetivos. Não é consolação, mas queremos vencer, como em todos os jogos, o que seria bom sinal. Mas, mais do que vencer, queremos ver o comportamento da equipa e dos nossos jogadores.

Jogo ficará mais fácil se o FC Porto já se tiver sagrado campeão?: Penso que é indiferente. Dá para ver dos dois lados. Pode haver um libertar de pressão, mas os jogadores também poderão ficar mais soltos e querer festejar, digamos assim, em campo. Para mim, seria importante, que o FC Porto não seja campeão hoje e que tenha de empatar ou vencer o Sporting para ser campeão. É isso que eu quero, pois eu foco-me na minha equipa. Pouco me interessa quem vai ser campeão. O Sporting não pode ser, por isso para mim é indiferente. O que eu quero é que, amanhã, estejam todos os fatores no jogo.

Primeiro grande teste com o Sporting: Não vejo assim, todos os jogos são importantes e um teste forte. Este é mais, frente a uma equipa muito forte. Por exemplo, o Eduardo Quaresma, o Matheus Nunes... que não estão habituados a este tipo de jogos, vão ter dificuldades que não tiveram até aqui, mas o treinador e jogadores do Sporting estão em teste todos os dias. Testes são todos os dias. Espero os jogadores bem física e mentalmente, motivados. Que se enfrente o FC Porto olhos nos olhos.

Possibilidade de o FC Porto entrar em campo já campeão: Não vai mudar nada na nossa preparação, pois esta já foi feita. Vamos enfrentar o jogo tendo objetivos, queremos ganhar. É indiferente se o FC Porto já será campeão ou não. Se não for, o jogo terá um fator extra, o que é bom para a nossa equipa.

Ascendente tático sobre Sérgio Conceição, contra quem já venceu duas vezes esta temporada? Não. O mister Sérgio Conceição já foi campeão, está a um ponto de ser campeão, tem muitos mais anos que eu. bateu o recorde de pontos na Olhanense, já esteve na final da Taça... eu não tenho ascendente, pelo contrário. Quem tem mostrado mais provas e mais conteúdo é o mister Sérgio Conceição. Nos dois jogos que tivemos, o FC Porto falhou dois penáltis, depois ganhámos aos 90+5'. São pormenores. O que Sérgio Conceição fez, ou seja, ganhar títulos, é o que eu ambiciono para mim, enquanto treinador, e para o Sporting.

Primeiro Clássico: A preparação foi igual, não houve mudança. Não vivi isto como treinador, mas como jogador já vivi muitas vezes. E, pela minha experiência, um clube grande não irá mudar a sua preparação por jogar contra outro clube grande. Isso mantém-se igual. A ideia de jogo será sempre a mesma. Se já era no Sp. Braga, que é um clube grande, imaginem no Sporting.

Luciano Vietto: O Vietto não seria uma arma secreta, mas não está convocado, ainda não está no momento certo. E, tendo os outros jogadores respondido bem, vamos continuar com a nossa ideia: quem está melhor irá jogar.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório