Meteorologia

  • 26 JUNHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Benfica - Não perca os últimos golos e lances polémicos

Mais vídeos

Registo mágico coloca Félix num restrito lote com Messi, Neymar e Mbappé

Jovem 'pérola' do Benfica está a realizar uma época brilhante e os números são estrondosos.

Registo mágico coloca Félix num restrito lote com Messi, Neymar e Mbappé

Começam a faltar adjetivos para a fantástica temporada de estreia de João Félix na equipa principal do Benfica. Apontado como uma das grandes promessas da formação encarnada, o menino deu nas vistas na pré-época, ganhou um lugar no plantel, foi-se impondo com Rui Vitória e agora 'explodiu' com Bruno Lage, ao ponto de se tornar já uma das principais figuras das águias. 

Esta terça-feira, na Luz, aquela que é uma das 'pérolas' mais preciosas da coroa benfiquista voltou a brilhar intensamente. Diante do Boavista, o jovem marcou, assistiu e espalhou magia por todo o campo. 

Aos 9' minutos, já depois dos axadrezados terem desperdiçado uma oportunidade soberana para se adiantarem no marcador, face ao erro colossal de Gabriel, que 'colocou' Tahar na cara de Vlachodimos - a bola acertou no poste -, João Félix deu vantagem ao Benfica, de cabeça, num lance que já lhe é característico, surgindo ao segundo poste, a dar a melhor sequência ao livre de Pizzi. 

Foi apenas o primeiro capítulo de um 'filme' romântico para deixar os adeptos encarnados rendidos à classe do craque. Em vantagem, os comandados de Bruno Lage foram controlando a partida e os principais lances de perigo passavam sempre pelos pés do atacante, que chegou a isolar Seferovic, com um passe magistral, aos  21' - Helton Leite negou o golo ao suíço.

A segunda parte trouxe ainda mais virtuosismo do internacional sub-21 português e a jogada do terceiro golo das águias é reflexo disso mesmo. Depois de 'partir' os rins ao opositor direto, com um verdadeiro 'nó cego', João Félix correu meio campo boavisteiro e ofereceu, de bandeja, o golo Seferovic. Uma assistência primorosa do novo menino de ouro da Luz, que serve de ponto de partida para um registo absolutamente astronómico. 

Nesta altura, após 20 jogos com a camisola encarnada em todas as provas - sete golos marcados -, os números colocam o jovem de 19 anos no topo do futebol europeu. Segundo dados do 'GoalPoint', Félix precisa apenas de 67' minutos para marcar ou assistir. Uma estatística notável, até porque só cinco jogadores no Velho Continente conseguem fazer melhor. Curiosamente, nomes que dispensam apresentações: Lionel Messi, Kylian Mbappé, Neymar, Edinson Cavani e Paco Alcácer. 

Se tivermos em conta que também foi dos seus pés que nasceu o segundo golo de Seferovic, que terminou a partida com mais duas ocasiões de golo criadas, com três passes para finalização e ainda 84% de eficácia de passe, concluímos que esta goleada (5-1) imposta pelo Benfica ao Boavista teve arte, engenho e muita influência de Félix, o 'diamante' cada vez mais lapidado na Luz. O futuro só pode, por isso... ser brilhante.

Estatísticas:

Benfica Boavista
18Remates6
16Cantos4
17Faltas cometidas15
0Cartões amarelos1
0Cartões vermelhos0
63%Posse de bola37%

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório