Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

"O presidente do Benfica é meu amigo. Não fui abandonado"

Ex-assessor jurídico da SAD do Benfica está acusado de um total de 79 crimes.

"O presidente do Benfica é meu amigo. Não fui abandonado"

Paulo Gonçalves chegou ao Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa, pouco depois das 13h30 desta sexta-feira, onde foi ouvido no âmbito do caso E-Toupeira.

O ex-assessor jurídico da SAD do Benfica falou à saída do Tribunal e disse estar “aliviado”.

“Sinto que cumpri o meu dever”, disse, sem se querer alongar muito. “O presidente do Benfica é meu amigo, já disse isso. Não fui abandonado pelos meus amigos. Estou de consciência tranquila", acrescentou ainda quando foi questionado se tinha sido abandonado pelo líder do clube da Luz.

Paulo Gonçalves, recorde-se, está acusado de um total de 79 crimes, sendo suspeito de ter solicitado, a funcionários judiciais, informações sobre inquéritos, a troco de bilhetes, convites e merchandising do Benfica.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório