Meteorologia

  • 04 ABRIL 2020
Tempo
18º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

"O Sporting não tem donos. Quem decide são os sócios"

Em declarações à CMTV, presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting explicou que todas as ações que tomou 'contra' Bruno de Carvalho foram tomadas em atenção aos estatutos do clube.

"O Sporting não tem donos. Quem decide são os sócios"

A dois dias das determinantes eleições no Sporting, Jaime Marta Soares, presidente da Mesa da Assembleia Geral, explicou, em declarações à CMTV, o seu ponto de vista sobre todas as polémicas a envolverem Bruno de Carvalho e o clube.

Para o dirigente, todas as decisões tomadas contra o presidente destituído dos leões respeitaram os estatutos do clube, pelo que, face à providência anunciada hoje por BdC contra o ato eleitoral, Marta Soares está plenamente descansado.

"Os solavancos não são da nossa parte. Tenho a minha consciência muito tranquila. Em tudo o que analisei e confirmei, as várias providências cautelares não tiveram provimento. As que estão em curso assentam nas mesmas defesas e ataques... Não vejo que possa haver qualquer alteração, ainda que o poder judicial é autónomo e independente. A justiça é soberana e pode haver uma alteração... Mas também lhe digo que ficaria estupefacto e surpreendido se isso acontecesse, pois nada do que fizemos sai fora dos estatutos e regulamentos. Se estão a ser cumpridos o que pode levar a impugnar?", começou por referir.

"O Sporting não tem donos. Quem decide são os sócios. Quem pensar de forma diferente não vai longe. [Bruno de Carvalho] sabe que infringiu todas as regras e sabe que não podia recandidatar-se", falando depois sobre o seu desejo pessoal no pós-período eleitoral.

"uero um Sporting unido e é essa a mensagem que quero deixar. Nunca estiveram tantos sócios em condições para votar, são 51 mil sócios... Importa que se transmita através do voto, pois há necessidade que aquele que entendam ser mais capaz possa sentir que tem todo o apoio para gerir durante os próximos quatro anos. O Sporting não se pode dar a devaneios. Estamos a viver um momento histórico, que leva a ter de haver um sentido de responsabilidade. Haver tantas candidaturas é um sinónimo de vitalidade, de gente disponível, mas tem os seus riscos. Espero que seja uma vitória inequívoca de quem ganhar e que quem não ganhar entenda a escolha dos sócios. O Sporting não está em tempo de mais experiências, tem de mudar de rumo. Através do voto, das escolhas e da exigência dessas escolhas", defendeu para terminar o presidente da MAG.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório