Meteorologia

  • 24 ABRIL 2018
Tempo
22º
MIN 19º MÁX 24º

Edição

Marés Vivas regressa em 2018 no fim de julho e num novo local

O Festival Marés Vivas, na Praia do Cabedelo, em Vila Nova de Gaia, que começou sexta-feira e termina hoje, regressa em 2018 no fim de semana de 20 de julho e num novo local.

Marés Vivas regressa em 2018 no fim de julho e num novo local
Notícias ao Minuto

08:00 - 17/07/17 por Lusa

Cultura Festival

"Para o ano será no fim de semana de 20 de julho, avançamos um fim de semana ao que é habitual, mas ainda não sabemos se será quinta-feira, sexta-feira e sábado ou sexta-feira, sábado e domingo", disse aos jornalistas, em conferência de imprensa, Jorge Silva, da PEV Entertainment, promotora do evento.

Já sobre a nova localização, Jorge Silva não adiantou pormenores, dizendo apenas estarem a "estudar hipóteses", mas vincou que a mudança irá trazer "mais dimensão" ao festival e a possibilidade de fazer uma programação diferente.

"Hoje e ontem [sábado], se tivéssemos mais espaço poderíamos ter duplicado a população, dada a procura", revelou.

Jorge Silva garantiu, contudo, que o Marés Vivas continuará a ser feito em Vila Nova de Gaia e junto ao mar ou ao rio.

Este compromisso também foi feito pelo presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, que frisou que o local escolhido para fazer o festival continuará a ser "idílico".

"O festival tem de crescer e aqui já não tem margem, além disso, estes terrenos são particulares, tendo urbanização aprovada desde 2008, por isso, é preciso pensar em novas soluções", explicou.

O autarca realçou que a solução vai, "certamente", ser tão boa como a do Cabedelo, porque Gaia tem ainda 15 quilómetros de costa e 18 quilómetros de orla ribeirinha.

A realização do festival é já uma "importante" alavanca socioeconómica, não só para Vila Nova de Gaia, mas para a região Norte, considerou.

"É um festival que impulsiona a cidade e, este ano, teve enchentes extraordinárias, um ambiente fantástico e uma grande segurança", salientou Eduardo Vítor Rodrigues.

Considerando ser uma "aposta ganha", o patrocinador oficial do evento, a Meo, renovou por mais três anos com a PEV Entertainment, revelou o responsável pelos patrocínios e eventos da marca, Miguel Guerra.

Durante três dias passaram pelo palco principal Scorpions, Sting, Lukas Graham, Bastille, Agir, Diogo Piçarra, Miguel Araújo, Expensive Soul, Amor Elektro e Tom Chaplin.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.