Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Olga Roriz apresenta em Faro peça que retrata os dias da guerra na Síria

A história de sete pessoas que resistem à guerra na cidade de Alepo, na Síria, é o mote para a peça "Antes que matem os elefantes", da companhia Olga Roriz, apresentada, no sábado, no Teatro Municipal de Faro.

Olga Roriz apresenta em Faro peça que retrata os dias da guerra na Síria
Notícias ao Minuto

13:05 - 24/02/17 por Lusa

Cultura Sábado

Em declarações à Lusa, a coreógrafa descreveu o espetáculo como sendo intenso e "cru", no sentido "em que trabalha muito o conflito humano, com os homens e as mulheres, os seus conflitos, as suas paixões e os seus medos", algo que sempre preocupou Olga Roriz.

A peça conta a história de sete pessoas que vivem e resistem na cidade de Alepo, na Síria, durante o período de guerra, e inicia-se no escuro, com depoimentos de crianças de Alepo a falar sobre a guerra e as suas experiências.

"Foi um risco começar desta forma, mas quis partilhar com o público a minha inspiração", observou Olga Roriz, admitindo que se trata de um espetáculo diferente dos demais que criou até agora.

Segundo a coreógrafa, trata-se de um espetáculo que leva o público a um lugar torturado, o que não é fácil para a audiência, mas que provoca a reflexão sobre a responsabilidade social e política.

"Responsabilidade social de fazer qualquer coisa, de poder falar e de não esquecer", sublinhou, admitindo que a dança, à semelhança da música, também pode ser de intervenção.

O espetáculo retrata as relações que se estabelecem durante uma guerra, já que "a situação da família desaparece, a situação amorosa desaparece e o que interessa é a entreajuda", concluiu a coreógrafa.

"Antes que matem os elefantes" estreou-se a 29 de abril do ano passado, no Centro Cultural de Ílhavo, em Aveiro, e já passou por palcos no Porto, em Bragança, Famalicão, Lisboa, Viana do Castelo.

Depois de subir ao palco do Teatro Municipal de Faro, às 21:30 de sábado, a peça deverá prosseguir para cidades como Coimbra, Almada e Vila Real.

Olga Roriz está a preparar um novo trabalho, intitulado "Síndrome", uma espécie de sequela da peça "Antes que matem os elefantes", focando-se, desta vez, no período pós-guerra.

"Síndrome" tem estreia marcada para o Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa, a 29 de junho.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório