Meteorologia

  • 21 JULHO 2019
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 21º

Edição

Festival Materiais Diversos abre com espetáculo sobre refugiados

A artista libanesa Tania el Khoury abre a 10.ª edição do Festival Materiais Diversos no dia 27 de setembro, em Minde (Alcanena), com a estreia nacional de "As Far as My Fingertips Take Me", anunciou hoje a organização.

Festival Materiais Diversos abre com espetáculo sobre refugiados
Notícias ao Minuto

17:50 - 10/07/19 por Lusa

Cultura Artes

Na apresentação da edição do Festival Materiais Diversos (FMD), que vai decorrer em Minde, em Alcanena e no Cartaxo, no distrito de Santarém, entre 27 de setembro e 05 de outubro, a diretora artística da Materiais Diversos, Elisabete Paiva, anunciou mais de 60 atividades e 17 espetáculos, cinco deles em estreia absoluta e quatro em estreia nacional, com a participação de 150 artistas.

A apresentação desta edição "celebrativa" decorreu no Museu da Aguarela Roque Gameiro, em Minde, o espaço que vai acolher o espetáculo de arranque do festival, na primeira apresentação em Portugal da performance da "premiada artista libanesa" que questiona "a atual condição dos refugiados na Europa e a sua relação com os europeus".

O espetáculo, "para uma pessoa de cada vez" - já que "promove o encontro" entre um espetador e o refugiado palestiniano e performer Basel Zaraa, através de uma parede -, vai acontecer nas manhãs e tardes dos dias 27, 28 e 29 de setembro.

Além deste espetáculo, o primeiro dia do festival oferece, ao final da tarde, na Fábrica da Cultura, em Minde, a antestreia de "Mistério da Cultura", de David Marques, pouco depois de Filipa Francisco estrear, também na dança, "Partilhas/Exchanges", no cineteatro Rogério Venâncio, igualmente em Minde.

O tema das migrações e dos refugiados estará presente numa outra estreia em Portugal, a de "Pleasant Island", o espetáculo de Silke Huysmans e Hannes Dereere sobre Nauru, a pequena ilha do Pacífico outrora próspera e que atualmente sobrevive da compensação por receber refugiados da Austrália.

O espetáculo vai acontecer no dia 04 de outubro, no Centro Cultural do Cartaxo, cidade que receberá, no dia seguinte, ao final da tarde, na praça de touros, mais uma estreia nacional, o espetáculo de dança "Don't be Frightened of Turning the Page", do criador italiano Alessandro Sciarroni, que recebeu este ano o Leão de Ouro da Bienal de Veneza, pela sua obra coreográfica.

Sciarroni estará com Rui Pina Coelho e Gustavo Vicente a dirigir a Escola de Verão do FMD, destinada a artistas e investigadores no campo das artes performativas.

A decorrer durante o FMD, em Minde e no Cartaxo, a escola de verão - intitulada "Na Prática" e resultante de uma colaboração entre a Materiais Diversos e o Centro de Estudos de Teatro, da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL) - propõe-se "formar uma comunidade temporária, que habita o festival e os seus lugares ao longo de nove dias, em torno da dimensão política de ser espetador e do trabalho de Alessandro Sciarroni".

A programação de dança inclui ainda a apresentação de "Margem", do coreógrafo Victor Hugo Pontes, vencedor este ano do prémio de Melhor Coreografia da Sociedade Portuguesa de Autores. Será no dia 03 de outubro, no Centro Cultural do Cartaxo.

A encerrar o FMD, na noite de 05 de outubro, no Centro Cultural do Cartaxo, a coreógrafa e bailarina Ana Rita Teodoro apresenta "FoFo", espetáculo que, na fase de criação, incluiu duas oficinas de pesquisa com adolescentes, no Cartaxo e na escola secundária de Alcanena.

Outra estreia, a da performance "Jogo de Lençóis", de Lígia Soares, construída a partir dos depoimentos das pessoas da vila de Minde que, ao longo das dez edições do festival, acolheram artistas e equipas técnicas nas suas casas, vai acontecer a 28 de setembro (com repetição no dia seguinte), na Casa da Memória.

A mais recente criação da companhia Teatro do Vestido, "Viagem a Portugal", com texto e direção de Joana Craveiro, estreia-se no mesmo dia (também com repetição no dia seguinte), no auditório do Sindicato dos Curtumes, em Alcanena, vila que receberá, a 27 e 28 de setembro, no Cineteatro S. Pedro, outra estreia no teatro, "A Menor Língua do Mundo", sobre línguas minoritárias (com destaque para o dialeto local, minderico).

De 01 a 05 de outubro, na Galeria Municipal do Cartaxo, vai estar "Selva Coragem", uma "ação participativa e instalação" do Teatro do Frio, uma "criação interdisciplinar, que articula arte sonora, escrita dramatúrgica e performance com perspetivas de sustentabilidade, biodiversidade e qualidade de vida no tecido urbano".

De 04 a 20 de outubro, no Centro Cultural do Cartaxo, estará patente a exposição "Para uma Timeline a Haver -- Genealogias da Dança Enquanto Prática Artística em Portugal", de João dos Santos Martins, Ana Bigotte Vieira e Carlos Manuel Oliveira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório