Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2019
Tempo
11º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

'À espera de Beckett' é uma homenagem a Ribeirinho em Almada

O ator e encenador Francisco Lopes Ribeiro, conhecido por Ribeirinho, é o homenageado na peça 'À Espera de Beckett' que, nos próximos dias 23 e 24, sobe à cena do Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada.

'À espera de Beckett' é uma homenagem a Ribeirinho em Almada
Notícias ao Minuto

18:10 - 18/02/19 por Lusa

Cultura Teatro

Com texto e encenação de Jorge Louraço, 'À Espera de Beckett ou Quaquaquaqua' revisita as três encenações 'À Espera de Godot', de Beckett, que Ribeirinho dirigiu.

"Trata-se de uma homenagem a Ribeirinho [1911-1984], cuja vida foi um exemplo de talento e dedicação, numa mistura virtuosa entre o lado popular e o lado erudito do teatro", refere o encenador.

A primeira encenação de 'À Espera de Godot' ocorreu depois das eleições presidenciais de 1958, em plena ditadura - quando Humberto Delgado desafiou Salazar e Américo Thomaz foi dado como vencedor -, e que se estreou em abril de 1959, no Teatro da Trindade, em Lisboa.

Dez anos depois, quando o dramaturgo irlandês recebeu o Prémio Nobel da Literatura e se refugiou no hotel Cidadela, em Cascais, Ribeirinho voltou a levar à cena a mesma peça de Beckett.

Em 1973, regressaria ao texto, desta vez já com uma companhia itinerante levando inclusive a peça a Angola, e representando-a para colonos e militares.

Nascido em Lisboa, em setembro de 1911, Ribeirinho estreou-se em 1929, tendo dirigido o seu primeiro espetáculo seis anos depois.

Atribui-se mesmo a Ribeirinho a introdução em Portugal da profissão de encenador, na moderna aceção da função, que até aí era exercida por ensaiadores ou 'marcadores'.

Teatro do Povo, Comediantes de Lisboa, Teatro Nacional Popular foram algumas das companhias que dirigiu antes de ser diretor técnico do Teatro Nacional D. Maria II, de 1974 a 1979.

Jorge Louraço coordena a pós-graduação em Dramaturgia da Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE) do Porto.

Dramaturgo, encenador e crítico de teatro, desenvolve igualmente trabalhos de investigação sobre teatro.

'À Espera de Beckett ou Quaquaquaqua' tem interpretação de Estevão Antunes, Mário Moutinho, Óscar Silva e Pedro Diogo.

Trata-se de uma coprodução do Teatro da Trindade - Fundação INATEL, Teatro Constantino Nery - Câmara Municipal de Matosinhos e Câmara Municipal de Viana do Castelo, que tem andado em digressão por vários teatros portugueses depois da estreia em 2017.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório