Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

'O Quebra Nozes' na nova temporada da Companhia Nacional de Bailado

Três novas coreografias, o regresso de 'O Quebra Nozes', no Natal, 'A Sagração da Primavera' e 'Dom Quixote' vão marcar a temporada 2018/2019 da Companhia Nacional de Bailado (CNB), revelou esta entidade à agência Lusa.

'O Quebra Nozes' na nova temporada da Companhia Nacional de Bailado
Notícias ao Minuto

10:00 - 13/09/18 por Lusa

Cultura Coreografia

De acordo com a CNB, o espetáculo inaugural da nova temporada irá acontecer no sábado, pelas 20h00 (19h00 em Lisboa), no Grand Théâtre, no Luxemburgo, apresentando 'Quinze Bailarinos e Tempo Incerto', de Rui Lopes Graça, no âmbito da digressão internacional da companhia.

As três estreias da temporada são assinadas por Israel Gálvan, Rui Lopes Graça e Victor Hugo Pontes, que irão apresentar, em maio, no Teatro Camões, um programa conjunto, sendo que Israel Gálvan, considerado pela crítica um dos grandes inovadores do flamenco, coreografa para a CNB pela primeira vez.

Ainda antes, a temporada abre a 11 de outubro, com 'Itmoi - In the mind of Igor', de Akram Khan, do coreógrafo britânico nascido no Bangladesh, inspirado em referências ao compositor Igor Stravinsky, uma peça estreada em Portugal, no ano passado, pela CNB.

Em novembro deste ano, será a vez de ser apresentado um programa que repõe a coreografia de Paulo Ribeiro 'La Valse', sobre a música de Maurice Ravel, e 'A Sagração da Primavera', de Vaslav Nijinsky - uma das grandes referências da dança do início do século XX - em reconstrução coreográfica de Milicent Hodson, e música de Igor Stravinsky.

No período do natal, será a vez de 'O Quebra Nozes', de Mehmet Balkan, com música de Piotr Ilitch Tchaikovsky, interpretada pela Orquestra Sinfónica Portuguesa, ser apresentada também no Teatro Camões, entre 6 e 22 de dezembro.

Em março de 2019, 'D. Quixote', com coreografia de Eric Volodine, segundo Alexander Gorsky, e música de Ludwig Minkus estará no palco do mesmo teatro, recuperando esta versão que a CNB estreou em 1990, sendo considerado um dos grandes legados do coreógrafo Marius Petipa, originalmente estreado na Rússia, em 1869.

Ainda no final de março, no âmbito do Ano Cultural Portugal-China, o Teatro Camões irá receber o Ballet Nacional da China como companhia convidada.

Em digressão nacional, a CNB irá levar três obras de Tânia Carvalho ao Teatro Municipal do Porto, de 21 a 23 de setembro: 'Olhos Caídos' (2010), 'A Tecedura do Caos' (2014) e 'S', estreada no ano passado.

Em outubro, será a vez de o Teatro Municipal de Almada receber a companhia nacional, com 'Contos do Abstrato"' de São Castro e António Cabrita, e 'Príncipes, heroínas, amores impossíveis e outras assombrações', de Catarina Câmara.

O Teatro Cinema de Fafe recebe, em novembro, 'A perna esquerda de Tchaikovsky', interpretada pela bailarina Barbora Hruskova, com texto e direção de Tiago Rodrigues, e, em dezembro, o Teatro de Almada também receberá 'O Quebra Nozes', de 28 a 29.

Na digressão internacional, depois do Luxemburgo, será a vez de, em novembro, no âmbito do programa de Portugal como convidado de honra na Feira Internacional do Livro de Guadalajara, a CNB apresentar a coreografia "Lídia", de Paulo Ribeiro.

Nesta nova temporada, a companhia nacional irá ainda prosseguir os projetos de 'Aproximação à Dança', com escolas, os debates com jovens do ensino secundário, e os ensaios solidários que revertem a favor de associações sem fins lucrativos.

Embora desde o início de setembro a CNB esteja a ser dirigida por Sofia Campos, a temporada 2018/2019 ainda foi desenhada pelo anterior diretor artístico, Paulo Ribeiro, que pediu à tutela para sair em julho deste ano, alegando "falta de dinheiro e de vontade política", por parte do Ministério da Cultura, para prosseguir o seu projeto na companhia.

Uma novidade para este ano é a abertura do Bar do Teatro, no Teatro Camões, que inclui uma esplanada em frente ao rio Tejo, que começou a disponibilizar refeições ligeiras.

De 19 a 30 de setembro, estão à venda, no Teatro Camões e no Teatro Nacional de São Carlos, assinaturas para toda a temporada, com descontos até 40%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório