Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2018
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 23º

Edição

Milhões de Festa anuncia Os Tubarões e Gazelle Twin entre primeiros nomes

O festival Milhões de Festa, a realizar-se este ano em setembro, anunciou hoje Os Tubarões e Gazelle Twin entre os sete primeiros nomes de uma edição com alterações, mas com um cartaz semelhante aos do passado, segundo a organização.

Milhões de Festa anuncia Os Tubarões e Gazelle Twin entre primeiros nomes
Notícias ao Minuto

12:15 - 12/07/18 por Lusa

Cultura Milhões

Assim, para além dos cabo-verdianos Os Tubarões e da britânica Gazelle Twin, que vai lançar o disco 'Pastoral' dias depois da atuação em Barcelos, o Milhões de Festa abre o alinhamento da edição deste ano com The Mauskovic Dance Band, Warmduscher, Kink Gong, Tajak e o português Gonçalo.

Em declarações à Lusa, Márcio Laranjeira, da organização do festival que entra em 2018 na sua 11.ª edição, confirmou que haverá alterações, mas "não a nível do que é o festival, que continua a ser feito pelas mesmas pessoas, os espaços vão ser os mesmos, vai manter a mesma linha: a ideia de ser uma mostra do que está a acontecer naquele momento".

"Onde vai sofrer alterações será mais na dinâmica entre todos os espaços, entre os palcos, entre a cidade e os palcos, e a tónica maior é trabalhar melhor o tempo e o espaço, as coisas terem mais espaço para respirar entre elas", afirmou o programador, que explicou que querem contrariar a tendência de haver concertos simultâneos que obrigam o público a uma divisão entre palcos.

Márcio Laranjeira lembrou o que acontece em muitos festivais: "Ficas com aquela sensação de que viste demasiadas coisas e não viste nada, porque é demasiada informação. Este ano queremos contrariar esse ritmo".

Sobre a mudança para setembro, a organização realçou que, embora o novo acordo com a Câmara Municipal de Barcelos permitisse a realização do festival em julho, procuraram juntar "o útil ao agradável" e experimentar fazer o Milhões de Festa noutra altura do ano, já sem colidir com o pico da temporada de festivais de verão.

"Achamos que ali no início de setembro podemos fazer uma coisa diferente, um bocado afastada do turbilhão de festivais de verão que acontecem naquela altura, com mais espaço. Esta demora acabou por nos dar a coragem de mudar", afirmou Márcio Laranjeira, que acrescentou que o novo acordo com a autarquia é só para este ano, para que ambas as partes possam depois avaliar as mudanças.

Embora procurem dar mais tempo aos espectadores para assistir aos concertos, tempo é algo que escasseia no que diz respeito à constituição do cartaz, uma vez que, em anos anteriores, chegam a ter dez meses para o preparar: "A 'mastigação' do cartaz é feita de uma forma completamente diferente. Às vezes estamos a namorar artistas durante dois meses e depois não acontecem. A trabalhar com estes tempos o 'não' é muito mais rápido. Levamos 'nãos' logo. Tem sido bom, porque te limpa a cabeça logo".

No final de junho, foi anunciado que o festival Milhões de Festa se iria realizar pela primeira vez em setembro, com a 11.ª edição a decorrer em Barcelos, nos dias 6 a 9 daquele mês, com a promessa de "novas propostas programáticas" e maior proximidade com o público.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório