Meteorologia

  • 18 JULHO 2018
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 19º

Edição

Funchal Jazz apresenta JazzMeia Horn candidata-revelação dos Grammy 2018

A edição deste ano do Funchal Jazz, na Madeira, conta com a norte-americana JazzMeia Horn, a candidata aos Grammy 2018, entregues em janeiro, com o álbum-revelação 'Social Call', num festival que a câmara considera ser "de topo".

Funchal Jazz apresenta JazzMeia Horn candidata-revelação dos Grammy 2018
Notícias ao Minuto

21:16 - 11/07/18 por Lusa

Cultura Madeira

mais do que um festival, é uma atividade cultural de enorme relevância para a cidade do Funchal, porque temos os espetáculos de três dias no parque de Santa Catarina, mas depois temos uma série de atividades que complementam a atuação das bandas", disse hoje o presidente da câmara, Paulo Cafôfo, na apresentação do evento.

'Social Call', o disco de estreia de JazzMeia Horn, foi nomeado para o Grammy de melhor álbum de jazz vocal, no final do ano passado, e a academia fonográfica dos Estados Unidos destacou então a evolução da cantora, desde a sua participação no "campo de férias" dos Grammy, em 2008, e a sua distinção, como melhor aluna de jazz, pela revista Downbeat, em 2009, até à nomeação.

Desde 2010, JazzMeia Horn foi distinguida pela revista especializada Downbeat como revelação de melhor cantora de jazz (2010), recebeu os prémios de melhor "rising star" (2012) e melhor cantora (2013), na competição internacional Sarah Vaughan, e o prémio do Instituto Thelonious Monk (2015), paramelhor voz.

No passado mês de junho a revista DownBeat distinguiu-a de novo como melhor cantora.

JazzMeia Horn atua no Funchal com Marcus Miller, em sax alto, Victor Gould, em piano, Géraud Portal, no contrabaixo, e Henry Conerway III, na bateria.

No primeiro dia, quinta-feira, 12 de julho, JazzMeia Horn divide o palco com o quarteto de Ricardo Toscano, num evento que o programador do festival, Paulo Barbosa, considerou ilustrar o facto de se estar perante um "festival que prima por uma homogeneidade de qualidade artística".

No dia 13, sexta-feira, o placo é ocupado, primeiro, por um dos mais "premiados músico de jazz da presente década", o pianista Vijay Iyer, com o seu sexteto, antecedendo a atuação do Billy Hart Quartet, com o saxofonista Joshua Reedman, no Parque de Santa Catarina.

A última noite do festival abre com "dois grandes nomes do jazz - o contrabaixista Dave Holland e o saxofonista Chris Potter -, que se juntam ao virtuoso da tabla Zakir Hussain", recém-eleito "percussionista do ano", pela Jazz Journalists Association, dos Estados Unidos.

O fecho da edição fica a cargo de "um trio que está junto desde 2000, e que é uma incontornável referência no jazz do século XXI", acrescenta a organização, referindo-se ao agrupamento do pianista Jason Moran - Jason Moran & The Bandwagon -, que conta com Tarus Mateen, no baixo, e Nasheet Waits, na bateria.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.