Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 11º MÁX 11º

Edição

Festival das Artes arranca quinta-feira sob o signo de Pedro e Inês

O Festival das Artes, em Coimbra, decidiu, no 10.º aniversário do evento, regressar "à base" e apresentar, a partir de quinta-feira, espetáculos de música, dança e exposições, sob o signo da história trágica e romântica de Pedro e Inês.

Festival das Artes arranca quinta-feira sob o signo de Pedro e Inês
Notícias ao Minuto

15:30 - 10/07/18 por Lusa

Cultura Coimbra

Tendo como palco maior a Quinta das Lágrimas, a organização do festival decidiu "voltar à base" e escolher como tema 'Amores e Desamores', que liga o evento à "história trágica e romântica de Pedro e Inês", disse à agência Lusa o responsável pelo festival, Miguel Júdice, referindo que foram escolhidos e encomendados espetáculos a partir desse tema "eterno e permanente" do festival.

Na sua 10.ª edição, que decorre de quinta-feira até dia 22, o festival volta a apresentar uma programação que vai da música à gastronomia, passando pelo cinema e artes plásticas.

No Ciclo de Música, Miguel Júdice destaca o concerto de encerramento, 'Amor e Saudade', em que a Orquestra Metropolitana de Lisboa interpreta peças de Mozart e Dvorak, que conta com a feliz coincidência de ter "como pianista uma Inês [Costa] e maestro um Pedro [Amaral]".

Ainda nos espetáculos de música programados, será possível ouvir um concerto da Orquestra Filarmónica Portuguesa, árias de ópera interpretadas por Sandra Medeiros (soprano) e Francisco Sassetti (piano) ou um espetáculo da fadista de Coimbra Beatriz, intitulado "Amor à Primeira Vista".

Ainda no Ciclo da Música, a Orquestra Clássica do Centro apresenta 'Amor aos Clássicos', no Anfiteatro Colina de Camões, na Quinta das Lágrimas, que terá a participação de Lara Martins, soprano que reside em Londres.

O responsável pela organização realça também o bailado 'Murmúrios de Pedro e Inês', de Fernando Duarte e Solange Melo, e o Ciclo de Cinema do festival, em que vai ser exibido o 'West Side Story' ao ar livre, no estacionamento da Oficina Municipal do Teatro.

No edifício Chiado, na Baixa de Coimbra, vai estar a exposição 'Os quadros também se namoram' em torno da obra de Graça Morais, com curadoria de José Paço d'Arcos.

Estando na décima edição, Miguel Júdice acredita que hoje é mais fácil organizar o festival, face à curva de aprendizagem trilhada ao longo dos anos.

No entanto, "há sempre desafios, seja de logística, de programação ou financeiros", realçou, destacando ainda os apoios de vários agentes locais, nomeadamente do município, para se conseguir continuar a realizar o Festival das Artes.

Ao todo, o festival apresenta em Coimbra 24 eventos, que vão estar em diferentes pontos da cidade. Confira as informações sobre a programação aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório