Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2017
Tempo
23º
MIN 23º MÁX 23º

Edição

Tusk deve ser tratado "com dignidade" pela justiça polaca, diz Juncker

A Comissão Europeia defendeu hoje que o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, deve ser tratado com "dignidade" pela justiça polaca, depois de ter sido interrogado na quarta-feira, num tribunal em Varsóvia.

Tusk deve ser tratado "com dignidade" pela justiça polaca, diz Juncker
Notícias ao Minuto

13:47 - 20/04/17 por Lusa

Mundo Comissão Europeia

"O presidente Juncker deseja que o presidente Tusk seja tratado com dignidade", disse a porta-voz, na conferência de imprensa diária do executivo comunitário.

Mina Andreeva adiantou ainda o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, tem "plena confiança" em Tusk, que foi interrogado, em Varsóvia, na quarta-feira, durante oito horas.

Tusk denunciou, na altura, o "caráter eminentemente político" da convocatória, pela justiça polaca, para prestar declarações num inquérito em que são acusados dois antigos chefes da contra-espionagem militar.

Recorde-se que Tusk foi recentemente reconduzido num segundo mandato como presidente do Conselho Europeu com o acordo de todos os Estados-membros exceto a Polónia.

O ex-chefe do Governo polaco adiantou ter comparecido na audiência "sobretudo por respeito ao Estado", mas sublinhou ter informado o procurador que invocará a imunidade a que tem direito se o inquérito for usado para o impedir ou interditar de exercer as suas funções na UE.

Tusk foi convocado para prestar declarações como testemunha num caso contra dois antigos responsáveis dos serviços de contra-inteligência militar, acusados de cooperação com a Rússia sem autorização para tal.

O caso remonta a 2010, quando Tusk era primeiro-ministro da Polónia.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório